Dicas para aliviar dor nas costas

Dor nas costas na terceira idade: 3 dicas para te auxiliar a aliviá-la

Uma das principais queixas das pessoas na terceira idade é a dor nas costas. Segundo o estudo Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, quase 30% dos idosos sofrem de dores crônicas, sendo que as mais comuns são na região das costas e nas pernas.

Existem muitas causas para dor nas costas em idosos. Ela pode ser motivada por osteoporose, reumatismo e até mesmo má-postura. Para saber qual é a causa da sua dor nas costas, é importante consultar seu médico, pois ela pode indicar uma doença mais séria.

No entanto, caso a sua dor nas costas seja fruto simplesmente de má-postura ou de um colchão ruim, trazemos neste artigo três dicas que podem te ajudar a aliviá-la.

Dicas para aliviar a dor nas costas

1. Massagens com óleos

Massagear as costas pode ajudar a aliviar a dor, especialmente se óleos de ervas forem utilizados no processo. Nossa sugestão é usar óleo de erva-cidreira ou de erva-de-São-João. Para fazer o óleo, coloque 200 gramas de folhas secas da erva em 1 litro de álcool 60% durante 10 dias. Depois, basta coar a mistura e usar água para diluí-la.

2. Banhos e compressas quentes

Banhos e compressas quentes ajudam a aliviar a dor. Você pode tanto tomar um banho quente com chá de alecrim ou tomilho, quanto utilizar compressas com esses compostos. Para as compressas, é importante deixá-las agir por cerca de 15 minutos, de modo a evitar queimaduras.

3. Alongamentos das costas

Alongar-se pode ser uma opção para suavizar a dor nas costas. Para isso, é importante esticar as costas utilizando algum apoio para as mãos e manter a posição por cerca de 30 segundos.

Um travesseiro também pode te ajudar a alongar. Deite-se e coloque um travesseiro alto entre as pernas. Em seguida, posicione a coxa para cima de modo a fazer um ângulo de 90° com o joelho. Fique nessa posição durante alguns minutos.

Procure um médico

Todas essas dicas podem te ajudar a aliviar as dores nas costas, mas elas não substituem uma consulta com o seu médico. Como já falamos, é preciso ter atenção às dores constantes, porque elas podem indicar outras doenças. Por isso, não deixe de agendar sua consulta.

Para continuar aprendendo mais sobre qualidade de vida, acesse o blog da Prestho:

Ir para o blog

Cuidados para evitar lesões em pessoas com osteoporose

Osteoporose: saiba quais cuidados tomar para evitar lesões

Segundo a International Osteoporosis Foundation, a osteoporose causa uma fratura a cada três segundos, contabilizando nove milhões de fraturas ao ano. Apenas no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, 121.700 fraturas ocorrem anualmente por conta da doença.

A osteoporose é uma doença que causa a diminuição da massa óssea, o que torna os ossos fracos e extremamente sensíveis, quebrando-se com traumas pequenos e até mesmo de maneira espontânea. O mal acomete principalmente mulheres a partir dos 50 anos de idade, mas também atinge homens e mulheres mais jovens.

Por conta do envelhecimento, pessoas idosas já são propensas a quedas e lesões em ossos cuja recuperação é muito lenta. Quando são acometidas pela osteoporose, o risco de se machucar é ainda maior. Por isso, trazemos neste artigo alguns cuidados a serem tomados de modo a evitar acidentes.

Osteoporose: cuidados para evitar quedas

1. Utilize sapatos e roupas adequados

Uma maneira de evitar a queda de idosos é utilizar sapatos fechados, que se adaptam bem aos pés e possuem solado antiderrapante. Roupas compridas e largas também devem ser evitadas, porque podem causar tropeções.

2. Ilumine bem a casa

Manter a casa bem iluminada com lâmpadas fluorescentes também pode auxiliar a evitar quedas. No caso dos quartos, é importante manter um interruptor de luz próximo à cama, para que a locomoção no escuro não seja necessária em nenhum momento.

3. Tenha móveis firmes e seguros

Os móveis também devem se adequar à sua realidade enquanto idoso. Ajuste a altura da cama, tenha um colchão firme e opte por sofás altos e poltronas com braços.

4. Faça adaptações no banheiro

O banheiro é um lugar muito perigoso para idosos, por se tratar de um espaço escorregadio por natureza. Para evitar quedas nesse ambiente, é importante instalar barras de apoio laterais, aumentar a altura do vaso sanitário e utilizar tapetes emborrachados antiderrapantes. Também é importante diferenciar as cores do vaso sanitário e da que é utilizada no chão.

5. Atente-se aos detalhes da casa

Evite deixar fios e bagunça no chão, especialmente nos corredores. Busque utilizar apenas tapetes fixos e não encere o chão. Com esses cuidados, o risco de quedas diminui consideravelmente.

6. Cuide da sua saúde

Busque manter uma alimentação balanceada e rica em cálcio e vitamina D. Além disso, alongue-se conforme as orientações do seu médico e vá ao oftalmologista anualmente, para manter o grau dos óculos ajustados às suas necessidades.

Saiba mais sobre qualidade de vida na terceira idade

A terceira idade é um momento muito especial da vida, em que cuidados diferentes devem ser tomados e novas oportunidades devem ser aproveitadas. Para continuar lendo mais sobre qualidade de vida nessa fase, acompanhe o blog da Prestho.

Ver blog

5 dicas para melhorar a qualidade de vida após os 60

5 dicas para melhorar a qualidade de vida após os 60

Qualidade de vida é algo que todas as pessoas buscam. No caso dos idosos, então, nem se fala: envelhecer com qualidade de vida é um desejo comum a todos.

Por mais que isso pareça um desafio, não precisa ser. A terceira idade é o momento de aproveitar ao máximo o que a vida tem a oferecer. Afinal, é agora que você tem tempo e condições financeiras para isso!

Então, siga essas dicas e tenha uma excelente qualidade de vida na terceira idade:

1. Aproveite seu tempo livre

Depois de tanto tempo trabalhando, é hora de aproveitar sua aposentadoria para descansar. Isso não quer dizer que você tenha que ficar ocioso, mas sim que, finalmente, você tem tempo para se dedicar às atividades de que gosta.

Pintura, jardinagem, viagens, reforma de casa, trabalho voluntário. Agora você pode fazer o que sempre quis, mas que, por conta do trabalho ou dos filhos, não pôde fazer antes. Essas atividades, além de proporcionarem prazer, também impedem que você passe muito tempo à toa.

Tudo isso contribui para sua qualidade de vida, te deixando mais ativo e mais feliz.

2. Faça exercícios físicos

Parece clichê e é. Exercícios físicos são um ótimo caminho para melhorar a qualidade de vida! Durante a terceira idade, é preciso escolher exercícios adequados para sua saúde.

Caminhada, natação, hidroginástica, yoga, ciclismo… Não importa qual seja sua favorita, é importante escolher uma atividade e fazê-la pelo menos duas vezes durante a semana.

As atividades físicas fazem bem para a saúde e ajudam no controle do peso e da pressão arterial, na mobilidade e ainda melhoram a capacidade respiratória e cardiovascular!

3. Alimente-se bem

Com a idade, mudanças no metabolismo e nos hormônios tornam ainda mais necessário alimentar-se bem. Por isso, invista em uma alimentação equilibrada, variada e rica em vitaminas, fibras e nutrientes.

Também é importante diminuir a quantidade de sal na comida, diminuir a ingestão de doces e passar a beber, pelo menos, dois litros de água diariamente.

Esses hábitos vão fazer seu corpo funcionar melhor e te manter mais disposto e saudável.

4. Passe tempo com quem você gosta

Passar tempo junto de quem você gosta também é importante para melhorar sua qualidade de vida, trazer alegria e tranquilidade.

Aproveite sua aposentadoria para realizar viagens em família, passeios, visitas e recepções em sua casa. Convide amigos para realizar exercícios físicos ou outras atividades junto com você.

5. Organize sua vida financeira

A qualidade de vida não depende só de estar bem com o seu corpo, é preciso também estar com a cabeça tranquila. Por isso, ter uma vida financeira organizada é fundamental. A aposentadoria traz o benefício de ter uma renda previsível e a possibilidade de conseguir crédito consignado, por exemplo.

Essa segurança e a facilidade de realizar empréstimos te auxiliam a ter uma vida financeira mais estável, quitando dívidas e, ainda, a realizar os seus sonhos: como reformar a casa, viajar ou comprar um carro zero.
Não sabe o que é crédito consignado e não conhece o seu direito enquanto aposentado ou pensionista para obtê-lo? A Prestho te ajuda.

Conheça a Prestho?

5 privilégios que só a melhor idade proporciona

Conheça 5 privilégios que só a melhor idade proporciona

Há alguns privilégios só a melhor idade é capaz de proporcionar, não é mesmo? Você que já passou dos 60 precisa estar por dentro desses privilégios e aproveitar ao máximo o que a melhor idade pode te oferecer.

Por isso, para te ajudar a manter-se informado, trouxemos neste artigo os 5 privilégios que só a melhor idade proporciona.

1. Atendimento preferencial em estabelecimentos

Não é nada agradável ficar em filas, principalmente quando estamos sentindo dor, não é? Na melhor idade, é comum sentir dores nas pernas ou na coluna e é por isso que o Estatuto do Idoso prevê atendimento preferencial imediato e individualizado aos idosos junto aos órgãos públicos e privados prestadores de serviços à população.

Além disso, você sabia que, dentre os idosos, é assegurada prioridade especial aos maiores de 80 anos? A quem possui essa faixa etária, o atendimento deve ser sempre preferencial em relação aos demais idosos.

2. Transporte coletivo gratuito

Você que está na melhor idade desfruta do seu direito de ir e vir por aí sem ter que pagar passagem? Também segundo o Estatuto do Idoso, quem possui mais de 65 anos tem direito à gratuidade no transporte coletivo público urbano e semi-urbano, cujos veículos devem ter 10% dos assentos reservados para uso dos idosos. Para ter acesso a essa gratuidade, basta comprovar a idade com um documento válido com foto.

Para viagens interestaduais, toda linha deve oferecer até duas vagas por veículo gratuitamente para quem tem no mínimo 60 anos e renda de até 2 salários mínimos. Mas, para casos em que há mais idosos nessas condições, tendo sido preenchidas as vagas gratuitas, você tem direito a um desconto de 50% no valor da passagem.

Para retirar a passagem, compareça ao ponto de venda próprio da transportadora ou em um guichê terceirizado, com antecedência mínima de três horas em relação ao horário de partida do ponto inicial da linha. Peça também a passagem de volta. Assim, você garante uma viagem mais tranquila, sem precisar se preocupar em retirar o outro bilhete. Para o embarque, compareça com antecedência mínima de 30 minutos. Caso contrário, você pode perder o benefício. Aí é só aproveitar a viagem! 🙂

3. Vaga especial em estacionamentos

Quem está na melhor idade tem direito a 5% das vagas nos estacionamentos públicos e privados. Além disso, essas vagas devem estar devidamente sinalizadas e ser posicionadas de forma a garantir a sua comodidade.

Para utilizar essas vagas, é necessário que você apresente a documentação exigida pelo município, geralmente um cartão que deve ser colocado no painel do carro. Na Prefeitura de sua cidade, você terá mais informações sobre como obter o cartão que dá acesso a essas vagas. Não perca a oportunidade de estacionar pertinho de onde você deseja ir. Afinal, fica muito mais fácil e rápido!

4. Meia entrada em eventos

Você é daqueles que curte a melhor idade apreciando bons shows, indo ao cinema ou vendo seu time em campo? Então, aproveite para fazer tudo isso pagando só a metade. Para participação em eventos artísticos, culturais, esportivos e de lazer, quem tem 60 anos ou mais tem direito a ingressos com 50% de desconto, além de acesso preferencial aos locais.

Para garantir esse direito, é só você apresentar um documento oficial com foto que confirme a sua idade. A instituição promotora é obrigada a conceder a sua meia entrada.

5. Crédito com desconto direto no benefício previdenciário

Quem é aposentado ou pensionista também tem um privilégio a mais na melhor idade: o crédito com desconto direto no benefício previdenciário. Ou seja, quer pagar uma dívida, comprar um presente especial, fazer uma reforma, trocar de carro ou mesmo realizar um sonho, mas não tem dinheiro na mão? É só contar com esse crédito, que é chamado crédito consignado.

O crédito consignado é um empréstimo cujo pagamento das prestações é feito por meio de desconto direto do benefício previdenciário. Isso quer dizer que as parcelas da dívida saem do benefício antes que esse dinheiro caia na sua conta. Assim, você não corre o risco de não ter o dinheiro no dia do pagamento e ter que pagar juros depois.

Achou interessante e quer saber mais sobre crédito consignado? Fale com a Prestho.

4 sonhos para realizar na aposentadoria

4 sonhos para realizar na aposentadoria

Você já adiou demais os seus sonhos, não é verdade? Antes de se aposentar, foram muitas as obrigações, desde criar os filhos até trabalhar de sol a sol para pagar as contas da casa. Agora, enfim, chegou a hora de descansar e (por que não?) realizar sonhos.

A aposentadoria é o momento ideal para você tirar os planos do papel, sejam quais forem eles. Afinal, agora você tem mais tempo para se dedicar a você mesmo!

Listamos 4 sonhos para realizar após a aposentadoria. Confira abaixo.

1. Viajar para o exterior

Você sempre adiou aquela viagem dos sonhos para o exterior porque precisava trabalhar ou porque não tinha com quem deixar seus filhos, não é verdade? A gente sabe como é. A correria do dia a dia nem sempre permite viagens longas e o dinheiro também nem sempre sobra para conhecer o exterior.

É por isso que você precisa aproveitar a aposentadoria para, enfim, realizar sonhos. Sabe aquele plano que você tinha de conhecer a Itália? E o Havaí com aquelas praias incríveis? Chega de deixar para depois. Compre as passagens, reserve o hotel, arrume as malas e viaje já!

2. Conquistar a casa própria

Você viveu uma vida inteira pagando aluguel? Parte do seu salário ia todo mês para um imóvel que não é seu? Está na hora de investir melhor o seu dinheiro, não é? Já pensou em como pode ser mais interessante se você gastar esse dinheiro na prestação de uma casa sua em vez de pagar o aluguel? Vale até pedir um empréstimo para facilitar a realização desse sonho, que ainda pode se tornar uma fonte de renda para a sua família no futuro.

As instituições geralmente limitam para até 80 anos a idade máxima para a contratação de algumas modalidades de financiamento. Ou seja, pode ser que você ainda tenha idade para financiar uma casa e, finalmente, se ver livre do aluguel. Enfim, chegou o momento de realizar sonhos!

3. Comprar um carro

Comprar um carro zero está entre os sonhos que você não realizou? Então, está na hora de você ter o seu. Agora que seus filhos já estão criados e não dependem mais de você financeiramente, com certeza sobra algum dinheiro para você financiar o carro dos seus sonhos. E, se não sobrar, há sempre a opção de se obter crédito consignado com a aposentadoria.

Para que o financiamento não seja com parcelas a perder de vista, você pode contar com a ajuda do empréstimo e dar entrada naquele veículo que você sempre sonhou, mas nunca se permitiu comprar. Realizar sonhos pode começar a ser uma rotina na sua vida. 🙂

4. Fazer uma faculdade

Você já pensou que agora, com a aposentadoria, pode ser o momento ideal para você fazer uma faculdade? Para muitas pessoas, esse é um sonho que foi sendo adiado há anos por causa do dia a dia atribulado. O tempo acaba sendo dedicado ao trabalho, aos filhos e, nunca, aos estudos.

Mas, se você tem o sonho de cursar uma faculdade, ainda que por realização pessoal, o momento é agora. Imagine como será incrível voltar aos estudos e dar esse orgulho para a sua família!

Ter, enfim, um diploma e poder dizer que você é formado em determinada área pode te fazer muito bem. Além, é claro, de você ter contato com pessoas diferentes e novos conhecimentos, que vão transformar a forma como você vê o mundo.

É possível realizar sonhos na aposentadoria

Está convencido de que realizar sonhos é totalmente possível na aposentadoria? Se você ainda fica receoso em tirar seus planos do papel, não hesite em contar com a ajuda de um empréstimo consignado. Tudo o que você não conseguiu realizar até hoje, por qualquer motivo que seja, ainda pode ser realizado. Basta você se organizar financeiramente.