Empréstimo consignado online é seguro?

Empréstimo consignado online é seguro?

Você fica assustado quando vê no jornal tanta notícia sobre hackers, crimes virtuais, golpes de empréstimo consignado online e golpes contra idosos? Nós também! É muito ruim pensar que existem pessoas que se especializam em tirar vantagem de outras, mas, infelizmente, elas existem e estão por toda parte. Principalmente quando o assunto é dinheiro.

Mas temos que pensar que, por outro lado, existem empresas sérias e confiáveis, que tratam o cliente como ele merece, com respeito e cuidado, e que também se dispõem a esclarecer todas as dúvidas, questões e dificuldades no processo de empréstimo. Elas oferecem não só o dinheiro em si, mas uma chance para a pessoa de fazer o que ela sempre quis, mas nunca conseguiu por falta de condições, ou aquela mãozinha para ajudar em um momento de aperto.

E agora, o que fazer?

Temos aqui os dois lados da moeda. Por isso, para evitar golpes e ações maliciosas, buscar empresas sérias e compromissadas é muito importante. 

Ou seja, o empréstimo online pode ser seguro sim! Só é preciso estar muito atento a todos os detalhes e analisar tudo, tim-tim por tim-tim. Você já ouviu o ditado: “uma pessoa prevenida vale por duas“? É exatamente este o lema que você deve ter em mente na hora de solicitar o seu. Assim, você consegue aproveitar o melhor da vida com muita tranquilidade. 

Quer saber como fazer isso e quais pontos analisar? Confira nossas dicas abaixo e vem com a gente que vamos te ajudar. 

Ouça agora! Podcast: Benefícios para os aposentados

O que é empréstimo consignado online?

É aquele que você faz sem precisar sair do conforto da sua casa. Dá pra fazer até do seu sofá, basta ter um celular ou um computador com acesso à internet. É uma modalidade que está crescendo cada vez mais no Brasil e já está presente em vários países. Tem muita história aí.

Um tipo bem comum é o empréstimo consignado online. Veja só como ele é simples: você simula o quanto de crédito tem disponível, envia fotos de alguns documentos, recebe a aprovação e pronto, dinheiro na conta! Tudo online!

E sabe o que ele tem de melhor? Ele é muito prático, você faz rapidinho, sem burocracia, e, geralmente, tem taxas menores que as de um banco, por exemplo.

Muito fácil, né? Porém, para aproveitar essa facilidade, é preciso ficar esperto e prestar atenção em alguns pontos e-s-s-e-n-c-i-a-i-s. Vamos lá!

O que são correspondentes bancários? 

A maioria das empresas que oferecem empréstimo consignado online são correspondentes bancários. Como o próprio nome diz, eles representam os bancos e são a ponte entre quem está solicitando o empréstimo e as instituições bancárias.

O que são correspondentes bancários

Como saber se a empresa é confiável?

O primeiro passo para fazer um empréstimo de sucesso é escolher uma empresa séria e confiável, com quem você pode realmente contar. Confira alguns pontos de atenção:

1 – Informação é tudo! 

Confira se a empresa tem informações de contato no site, como endereço, CNPJ, canais de atendimento. Caso você não se sinta seguro, solicite uma ligação antes de fechar negócio.

2  – Segurança em primeiro lugar! 

Verifique se as informações do site são protegidas. Basta dar uma olhadinha se, no endereço do site, no topo do navegador, contém a sigla “https” em vez de “http”. É só uma letrinha diferente, mas esse “s” indica que o site está seguro! Outra dica é olhar se tem o símbolo de um cadeado fechado, o que indica uma conexão segura e criptografada.

Informações criptografadas

3 – Lar, doce lar! 

Se estiver em lugares públicos, dê uma olhadinha em volta pra ver se não tem ninguém te observando. O ideal é que as pessoas não consigam ver sua tela, nem as informações que você está digitando. Quer uma dica? Solicitar empréstimo em casa é muito melhor e mais seguro. Você faz no seu tempo, com segurança e tranquilidade.

4 –  Onde há fumaça, há fogo! 

Desconfie se te pedirem para depositar algum valor adiantado para liberar o empréstimo. Isso é ilegal e é bem provável que seja um golpe. Também fique esperto se te apressarem para fechar o negócio logo. Um empréstimo é algo pensado que requer pesquisa e tempo de decisão. Na dúvida, não feche.

Agiota? Nem pensar!

Fuja dos agiotas

Na hora do aperto, muitas pessoas se desesperam e acabam pegando dinheiro emprestado com um agiota e, em vez de resolverem um problema, acabam entrando em uma fria maior ainda. Pode parecer comum, mas a agiotagem é crime e tem feito mal para várias pessoas. Não caia nessa! Se quiser saber mais sobre o assunto, confira o artigo que escrevemos sobre por que não tomar empréstimo com um agiota.

Empréstimo consignado online é seguro sim!

Agora que você já sabe os principais cuidados que deve ter antes de pedir um empréstimo online, podemos dizer que ele é seguro sim e uma ótima opção para quem precisa de dinheiro rápido e prático. Organize suas finanças, planeje seus gastos e saia do sufoco! Aproveite essa fase da vida tão gostosa com saúde e bem-estar.

Ouça agora! Podcast: Benefícios para os aposentados
Dicas para aliviar dor nas costas

Dor nas costas na terceira idade: 3 dicas para te auxiliar a aliviá-la

Uma das principais queixas das pessoas na terceira idade é a dor nas costas. Segundo o estudo Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, quase 30% dos idosos sofrem de dores crônicas, sendo que as mais comuns são na região das costas e nas pernas.

Existem muitas causas para dor nas costas em idosos. Ela pode ser motivada por osteoporose, reumatismo e até mesmo má-postura. Para saber qual é a causa da sua dor nas costas, é importante consultar seu médico, pois ela pode indicar uma doença mais séria.

No entanto, caso a sua dor nas costas seja fruto simplesmente de má-postura ou de um colchão ruim, trazemos neste artigo três dicas que podem te ajudar a aliviá-la.

Dicas para aliviar a dor nas costas

1. Massagens com óleos

Massagear as costas pode ajudar a aliviar a dor, especialmente se óleos de ervas forem utilizados no processo. Nossa sugestão é usar óleo de erva-cidreira ou de erva-de-São-João. Para fazer o óleo, coloque 200 gramas de folhas secas da erva em 1 litro de álcool 60% durante 10 dias. Depois, basta coar a mistura e usar água para diluí-la.

2. Banhos e compressas quentes

Banhos e compressas quentes ajudam a aliviar a dor. Você pode tanto tomar um banho quente com chá de alecrim ou tomilho, quanto utilizar compressas com esses compostos. Para as compressas, é importante deixá-las agir por cerca de 15 minutos, de modo a evitar queimaduras.

3. Alongamentos das costas

Alongar-se pode ser uma opção para suavizar a dor nas costas. Para isso, é importante esticar as costas utilizando algum apoio para as mãos e manter a posição por cerca de 30 segundos.

Um travesseiro também pode te ajudar a alongar. Deite-se e coloque um travesseiro alto entre as pernas. Em seguida, posicione a coxa para cima de modo a fazer um ângulo de 90° com o joelho. Fique nessa posição durante alguns minutos.

Procure um médico

Todas essas dicas podem te ajudar a aliviar as dores nas costas, mas elas não substituem uma consulta com o seu médico. Como já falamos, é preciso ter atenção às dores constantes, porque elas podem indicar outras doenças. Por isso, não deixe de agendar sua consulta.

Para continuar aprendendo mais sobre qualidade de vida, acesse o blog da Prestho:

Ir para o blog

Cuidados para evitar lesões em pessoas com osteoporose

Osteoporose: saiba quais cuidados tomar para evitar lesões

Segundo a International Osteoporosis Foundation, a osteoporose causa uma fratura a cada três segundos, contabilizando nove milhões de fraturas ao ano. Apenas no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, 121.700 fraturas ocorrem anualmente por conta da doença.

A osteoporose é uma doença que causa a diminuição da massa óssea, o que torna os ossos fracos e extremamente sensíveis, quebrando-se com traumas pequenos e até mesmo de maneira espontânea. O mal acomete principalmente mulheres a partir dos 50 anos de idade, mas também atinge homens e mulheres mais jovens.

Por conta do envelhecimento, pessoas idosas já são propensas a quedas e lesões em ossos cuja recuperação é muito lenta. Quando são acometidas pela osteoporose, o risco de se machucar é ainda maior. Por isso, trazemos neste artigo alguns cuidados a serem tomados de modo a evitar acidentes.

Osteoporose: cuidados para evitar quedas

1. Utilize sapatos e roupas adequados

Uma maneira de evitar a queda de idosos é utilizar sapatos fechados, que se adaptam bem aos pés e possuem solado antiderrapante. Roupas compridas e largas também devem ser evitadas, porque podem causar tropeções.

2. Ilumine bem a casa

Manter a casa bem iluminada com lâmpadas fluorescentes também pode auxiliar a evitar quedas. No caso dos quartos, é importante manter um interruptor de luz próximo à cama, para que a locomoção no escuro não seja necessária em nenhum momento.

3. Tenha móveis firmes e seguros

Os móveis também devem se adequar à sua realidade enquanto idoso. Ajuste a altura da cama, tenha um colchão firme e opte por sofás altos e poltronas com braços.

4. Faça adaptações no banheiro

O banheiro é um lugar muito perigoso para idosos, por se tratar de um espaço escorregadio por natureza. Para evitar quedas nesse ambiente, é importante instalar barras de apoio laterais, aumentar a altura do vaso sanitário e utilizar tapetes emborrachados antiderrapantes. Também é importante diferenciar as cores do vaso sanitário e da que é utilizada no chão.

5. Atente-se aos detalhes da casa

Evite deixar fios e bagunça no chão, especialmente nos corredores. Busque utilizar apenas tapetes fixos e não encere o chão. Com esses cuidados, o risco de quedas diminui consideravelmente.

6. Cuide da sua saúde

Busque manter uma alimentação balanceada e rica em cálcio e vitamina D. Além disso, alongue-se conforme as orientações do seu médico e vá ao oftalmologista anualmente, para manter o grau dos óculos ajustados às suas necessidades.

Saiba mais sobre qualidade de vida na terceira idade

A terceira idade é um momento muito especial da vida, em que cuidados diferentes devem ser tomados e novas oportunidades devem ser aproveitadas. Para continuar lendo mais sobre qualidade de vida nessa fase, acompanhe o blog da Prestho.

Ver blog

Descubra como conseguir a isenção de IPTU para idosos

Depois dos 60 anos de idade, é direito nosso ter alguns benefícios. Entre os mais conhecidos, estão a prioridade no atendimento em estabelecimentos, a gratuidade do transporte coletivo, vagas exclusivas em estacionamentos e a meia entrada em eventos, por exemplo. O que muitos não sabem é que a isenção de IPTU também é um direito para os maiores de 60 anos.

O Estatuto do Idoso (Lei Federal n. 10.741/2003) garante diversas isenções tributárias, como a do Imposto Territorial Urbano (IPTU).

No Artigo 2º,  está disposto que:

O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade.

Dessa forma, inúmeros benefícios têm sido concedidos aos idosos, desdobrados a partir dessa lei. A isenção de IPTU é um deles, que veio em decorrência da necessidade de facilitar e melhorar a vida dos idosos em relação à moradia, ajudando-os com a gratuidade desse imposto. Com o orçamento comprometido com remédios e despesas médicas, tão comuns nessa fase, essa isenção é, com certeza, uma grande ajuda para os idosos.

Como idosos podem conseguir a isenção de IPTU?

A isenção de IPTU varia de acordo com o município. Na maioria das cidades, a gratuidade vale para pessoas com idade acima de 60 anos, proprietárias de um só imóvel, aposentadas e com renda de até dois salários mínimos.

Para conseguir a isenção de IPTU, siga os seguintes passos:

  1. Tenha em mãos a prova documental da sua renda, que pode ser obtida da sua declaração de Imposto de Renda ou pelo espelho do seu carnê da Previdência Social.
  1. Procure a Prefeitura da sua cidade ou a Secretaria da Fazenda.
  1. Descubra quais documentos são exigidos para a isenção de IPTU.
  1. Faça a solicitação da isenção de IPTU.

O pedido de isenção deve ser renovado anualmente. Para o primeiro pedido, procure a Secretaria da Fazenda para o acompanhamento até a resposta final do órgão, isentando o imóvel do pagamento do IPTU.

É importante que você forneça todos os dados corretamente no momento em que preenche o formulário. Isso facilita a análise e o deferimento do pedido.

Sempre que tiver seus direitos desrespeitados, não deixe de procurar o Ministério Público e a Defensoria Pública.

Esperamos que essas informações tenham sido úteis para você reduzir suas despesas. Se as suas finanças estão te preocupando, você também tem como opção pedir um empréstimo consignado, que tem as taxas mais baixas do mercado.

Saiba mais sobre como funciona o empréstimo consignado e descubra todas suas vantagens.

Que tal fazer uma simulação e descobrir o valor que está liberado para você?

Inadimplência cresce entre idosos: saiba como se livrar das dívidas

Você tem alguma dívida a ser quitada? Se sim, saiba que você está entre os 62,2 milhões de brasileiros inadimplentes com contas em atraso e registrados nos cadastros de devedores.

 De acordo com Indicadores Econômicos do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de inadimplentes cresceu 3,54% no último mês de abril, em comparação com o mesmo mês do ano passado, o que configura a sétima alta consecutiva.

Como a inadimplência afeta os idosos?

O indicador revelou que, da população total de idosos de 65 a 84 anos, 31,94% estão inadimplentes, somando 5,2 milhões de pessoas com alguma conta em atraso e com o CPF restrito para contratar crédito ou fazer compras parceladas.

Mesmo aposentados, idosos continuam consumindo. O aumento da expectativa de vida tem contribuído para que os idosos se mantenham ativos enquanto consumidores. Muitos ainda permanecem por um tempo no mercado de trabalho, o que também colabora para a inadimplência elevada entre essa faixa etária.

Quais pendências mais cresceram entre os inadimplentes?

O tipo de pendência que mais cresceu em abril, com alta de 7,96%, foram as dívidas bancárias, que englobam faturas atrasadas de cartão de crédito, empréstimos não pagos, financiamentos em atraso, entre outros.

Em segundo lugar, aparecem as dívidas com empresas que prestam serviços de telefonia, TV por assinatura e internet, cuja alta foi de 6,81%. As pendências com crediário no comércio crescerem 6,11% no período, enquanto os atrasos com serviços básicos de água e luz, recuaram 3,06%.

Se você está entre esses inadimplentes, precisa buscar uma maneira eficiente de quitar suas dívidas e retomar o crédito no mercado. Para aposentados e pensionistas, a melhor opção é o empréstimo consignado.

Como o empréstimo consignado pode te ajudar a quitar dívidas?

Entre os principais motivos para você optar pelo empréstimo consignado para pagar suas dívidas é a baixa taxa de juros.

Se você optar por usar o cartão de crédito para pagar suas dívidas, a taxa de juros será em média,14% ao mês.

Se a sua opção for pagar com cheque especial, a taxa de juros será em média,12,5% ao mês.

Por outro lado, se a sua escolha for o empréstimo consignado, a taxa de juros será em média, apenas 2%.

Sendo assim, quitar suas dívidas por meio do empréstimo consignado pode ser realmente uma ótima saída, em vez de pagar com cartão de crédito ou cheque especial, que têm as taxas de juros mais altas do mercado.

Pegando um empréstimo consignado para quitar as dívidas, além de garantir uma taxa de juros muito menor, você passa a pagar uma única parcela mensal, o que facilita a sua organização.

Descubra outros importantes motivos para você optar pelo empréstimo consignado. 

Conheça a Prestho