Como aproveitar a aposentadoria sem aperto?

A aposentadoria é a fase para descansar e aproveitar ainda mais a vida. É o momento de rever as prioridades, reorganizar a rotina e se dedicar para as coisas que você gosta e te deixam bem.

Mas a gente sabe que também fica difícil conciliar a renda, realizar os sonhos e conseguir honrar com as dívidas. É preciso se equilibrar no meio de tudo isso para não ficar com dificuldades financeiras.

Até mesmo uma saidinha no final de semana pode acabar gerando uma conta que custa os olhos da cara.

Baixe agora! Lista de Tarefas: Veja como colocar suas contas em dia!

Mas não precisa se preocupar: temos algumas dicas para você aproveitar a aposentadoria sem passar aperto. Veja só:

Mexa seu esqueleto com atividades ao ar livre

Frequentar uma academia é uma excelente alternativa para fazer atividades físicas e cuidar da sua saúde. Só que a mensalidade pode pesar no seu orçamento e talvez você precise sair para não comprometer outras contas.

Mas não precisa ficar borocoxô: existem várias alternativas para você continuar mexendo o esqueleto. Muitas cidades possuem academias ao ar livre em praças e parques. Dê uma olhada para encontrar uma perto de você!

Além disso, existem programas municipais para incentivar uma vida mais ativa na terceira idade. Esse, inclusive, é o nome do programa promovido pela Prefeitura de São Paulo (VidAtiva). A Universidade de São Paulo (USP) também tem o projeto Universidade Aberta para a Terceira Idade, com atividades de alongamento, caminhada, corrida, técnicas de meditação e ioga.

Outro exemplo vem de Uberlândia, em Minas Gerais. A cidade do Triângulo Mineiro também é reconhecida como referência de políticas públicas para a população idosa. A prefeitura da cidade conta com o Lar do Idoso, que oferece espaços de lazer e de prática de exercícios. É comum encontrar aulas de danças e até acompanhar os desfiles de misses e misters da terceira idade.

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) também realiza o projeto AFRID, com atividades físicas e recreativas para idosos. Estudantes e alunos acompanham e auxiliam os mais velhos na prática regular de exercícios.

Viu só? Existem diversos exemplos bacanas por todo o Brasil. Procure a prefeitura da sua cidade para saber quais são os projetos disponíveis para idosos e se informar com eles funcionam.

Mergulhe no universo da leitura

A leitura é uma atividade muito enriquecedora. Além de aproveitar o tempo que você passa sozinho, ao ler você aprende coisas novas, melhora seu vocabulário e amplia seus horizontes.

Existem livros de todos os preços nas livrarias. Mas se você gosta de devorar muitos deles por mês ou está aproveitando a aposentadoria para ter um ritmo mais rápido de leitura, o preço vai ficar salgado para o seu orçamento.

Você não precisa investir o seu dinheirinho suado de uma vida inteira só para armazenar calhamaços.

Aproveite as bibliotecas públicas da sua cidade para manter sua frequência de leitura, sem precisar gastar a mais por isso.

Você sempre encontra clássicos e também sucessos atuais. Peça por indicações! Temos certeza de que a bibliotecária ou o bibliotecário pode te dar excelentes dicas.

Visite parques

Parques são uma excelente opção de lazer para toda a família. Muitos deles têm entrada gratuita ou desconto para idosos. São ótimos locais para praticar exercícios e estar em contato com a natureza mesmo no meio das grandes cidades.

Em Belo Horizonte, por exemplo, existem diversos locais em que a entrada é gratuita, como a Lagoa da Pampulha, o Parque das Mangabeiras e a Fundação Zoo-botânica de BH.

Aproveite e leve o seu próprio lanchinho, assim você não precisa comprar em lanchonetes e quiosques, economiza seu dinheirinho e ainda garante uma alimentação mais saudável, não é mesmo?

Procure os parques da sua cidade e região e já marque um passeio! Vá com seus amigos, filhos e netos.

Conheça museus

Conhecer os registros da história (e até do futuro) é uma experiência enriquecedora. Muitos museus espalhados pelo país apresentam obras de arte, registros históricos, história de personalidades, grandes instalações abertas, entre tantos outros objetos interessantes.

E isso não é atividade só de turista não, viu? Nem coisa do tempo da carochinha. 

Rio de Janeiro, por exemplo, é uma cidade histórica e conta com diversos museus. Muitos deles são gratuitos e, mesmo nos que cobram ingresso, idosos pagam a meia-entrada. Você encontra o Museu do Amanhã, o Palácio do Catete, o Museu de Arte Moderna, entre tantos outros.

Em Petrópolis, outra cidade fluminense, você pode conhecer a Casa de Santos Dumont, dedicada à vida do inventor. Já em Curitiba, no estado Paraná, temos o Museu Oscar Niemeyer sobre a obra do arquiteto.

Você também gosta de conhecer mais sobre grandes personalidades? Procure os museus da sua cidade e região. Fale com a Secretaria de Cultura da sua prefeitura para encontrar dicas.

Visitar museus é uma excelente maneira de enriquecer nosso conhecimento de mundo. Por isso, não se esqueça de colocar no seu roteiro de atividades!

Procure por eventos culturais gratuitos

E não para por aí: sempre existem eventos para aproveitar de graça. É bom para ouvir uma boa música ao lado do seu broto, acompanhar uma peça de teatro com seus netinhos, participar de festas típicas ao ar livre…

Fique de olho nas divulgações de jornal local, TV e internet para saber de qualquer novidade. É sempre hora de aproveitar a vida, não é mesmo?

Continue acompanhando o blog da Prestho

Outra dica que temos para você é continuar acompanhando este blog! Por aqui, estamos sempre compartilhando várias dicas sobre aposentadoria, planejamento financeiro, estilo de vida, direitos do idoso e muito mais.

Volte sempre para ler o blog da Prestho. Será um prazer ter você nos acompanhando!

Baixe agora! Lista de Tarefas: Veja como colocar suas contas em dia!

Salário mínimo 2020: veja como será o reajuste para aposentados e pensionistas do INSS

Chega o início de ano e é hora de ver qual é o aumento do salário mínimo. Afinal, esse valor influencia no reajuste dos benefícios para aposentados e pensionistas, não é mesmo?

É muito importante saber quanto de grana a gente vai ter a mais. Assim, fica mais fácil de fazer planos: pagar as dívidas, fazer um pé-de-meia, planejar uma viagem, comprar um celular novo, entre tantos outros objetivos.

Veja só como ficaram os novos valores!

Novo salário mínimo para 2020

O novo salário mínimo é de R$ 1.045,00. Este novo valor foi fixado em 14 de janeiro. Esse valor começa a valer a partir de fevereiro. Assim, que iniciou o ano, o valor divulgado foi de R$ 1.039,00. Até o fim de 2019, o salário foi de R$ 998,00. Mesmo com o aumento acumulado de R$ 46,00, isso não significa que houve um ganho real.


Esse novo valor apenas inclui a correção pela inflação prevista para 2020, de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). O planejamento inicial que o Ministério da Economia fez na proposta orçamentária for de R$ 1.031,00. O aumento inicial de R$ 8,00 além do previsto (e agora de R$ 14,00) além do previsto foi puxado pela recente alta no preço da carne bovina, o que empurrou a inflação.

Reajuste do INSS

Com a mudança do salário mínimo, o piso do INSS passa a seguir o mesmo valor de R$ 1.039,00, com reajuste de 3,31%, apenas para inflação e sem ganho real.

Em 2019, o teto do INSS foi de R$ 5.839,45. Já para este ano, com a aprovação do orçamento, agora o valor será ajustado para R$ 6.032,73.

Esses novos valores influenciam também abrem novas possibilidades, como uma nova margem para fazer empréstimos consignados com juros baixos

Calendário de pagamento do benefício

Quer saber quais são as datas para receber o seu benefício durante 2020? O INSS já liberou o calendário de pagamentos! São cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas já podem checar as datas de depósito dos benefícios. 

Quem recebe até um salário mínimo, começa a receber o benefício do mês do exercício um pouco antes. Já quem tem a renda mensal acima do piso, os pagamentos começam a ser feitos depois. 

A orientação do INSS é que os segurados fiquem atentos: a data de depósito dos proventos depende do número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço.

Confira o calendário de pagamento do INSS:

Continue acompanhando nosso blog!

Quer ficar em dia com as notícias sobre os benefícios do INSS? Também gosta de dicas e aprender mais sobre o mundo digital? Continue lendo o blog da Prestho! Estamos sempre atualizando com informações fresquinhas para você.

Entenda tudo sobre a portabilidade de Empréstimo Consignado

A Portabilidade de Empréstimo Consignado é bem simples. Fez um Empréstimo Consignado em uma instituição financeira, mas quer ir para outra? Você pode!

Desde dezembro de 2013 a portabilidade está regulamentada pelo Banco Central e é um direito de todos os servidores federais, Aposentados e Pensionistas do INSS que têm uma operação de empréstimo consignado ativa.

Para te ajudar a entender tudo, tim-tim por tim-tim, preparamos um vídeo bem completo e este artigo com todas as informações de que você vai precisar. Vem com a gente!

Dê o play. Com certeza você vai gostar deste vídeo.

O que é Portabilidade de Empréstimo Consignado?

A Portabilidade de Empréstimo Consignado é fichinha. É o simples fato de passar seu empréstimo de uma instituição financeira para outra que você escolher. É parecida com a portabilidade que você faz no seu celular para trocar de operadora, sabe? Bem assim.

Geralmente acontece quando a pessoa encontra condições mais atrativas em outra instituição, como taxas de juros melhores, ou quando não está satisfeita com o relacionamento na instituição atual.

Regras da portabilidade

A portabilidade tem algumas regrinhas. Fique atento para dar tudo certo.

Valor e prazo

A nova operação de crédito não pode ter o valor e o prazo alterados. Eles não podem ser, de forma alguma, maiores que os do contrato original.

O que pode mudar são as condições da taxa e o valor da parcela, que o cliente deve negociar com a nova instituição. Lembrando que a taxa de juros nunca pode ser mais alta que a original, pois a maior vantagem desse tipo de negociação é justamente o benefício de uma taxa menor no empréstimo

Margem

Para fazer uma portabilidade não é necessário ter margem consignada. No entanto, a margem não pode estar negativa. É importante que a parcela do empréstimo que deseja portar esteja descontada no seu benefício ou salário. 

Pagamento

O contrato deve ser descontado no benefício do Pensionista ou Aposentado do INSS e, no caso do servidor federal, descontado direto em seu pagamento.

Além disso, nenhuma taxa pode ser cobrada para essa portabilidade. Fique atento, é TAXA ZERO mesmo! 

Como funciona o processo?

O processo de portabilidade é um pouco diferente do processo de um novo empréstimo, por isso tem um prazo maior de conclusão. Para ter mais benefícios, vale a pena esperar, não é mesmo? Afinal, o que perderá reduzindo a taxa de juro?

No caso da operação para Aposentados e Pensionistas do INSS, o processo leva em média 20 dias e se divide em 4 etapas: Contratação, Processamento na Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP), Averbação no INSS e Efetivação. Confira como funciona cada uma:

1 – Contratação

O primeiro passo é escolher para qual instituição financeira você quer levar seu empréstimo e fechar o contrato da portabilidade. No item abaixo “Como solicitar a portabilidade de Empréstimo Consignado?” explicamos como isso é feito.

2 – Processamento na CIP

Fechado o contrato, ele vai para processamento na Câmara Interbancária de Pagamentos. A CIP é a associação responsável por intermediar a transferência de dívida de um banco para outro. 

É importante dizer que o responsável por pagar sua dívida com o banco anterior é a nova instituição financeira. Você não vai precisar pagar nada por isso, pode ficar tranquilo. Seu compromisso passa ser apenas com a nova instituição. 

Atenção! A quitação do saldo devedor deve ser feita exclusivamente através da CIP. Fazê-la por fora é ilegal! Se alguém te oferecer, desconfie. 

3 – Averbação no INSS

Dívida quitada? Agora é a hora do banco anterior fazer a exclusão da parcela junto ao INSS. Esse procedimento é importante para que o banco de destino possa averbar essa parcela, gerando um novo número de contrato.

4 – Efetivação

Contratação efetivada! Agora sua dívida já está com o novo banco e você já começa a gerar relacionamento com ele. Se mais pra frente você optar por fazer um refinanciamento com esta instituição, você pode. Só lembre-se de que cada banco tem regras de financiamento específicas e diferentes. É preciso se encaixar nas regras do banco que você escolher.

Portabilidade Digital

Para facilitar ainda mais a portabilidade do Empréstimo Consignado, é possível  fazer esse processo de forma digital ou, como alguns chamam, operação com aceite eletrônico. Você mesmo consegue fazer tudo online e sem sair de casa. 

Alguns cliques e você já está em outra instituição, pagando taxas melhores e economizando no final das contas.

Clique e confira também a cartilha produzida pelo Banco Central sobre portabilidade.

Gostou? Esperamos que a dica tenha sido útil e tenha contribuído para facilitar sua vida. Sempre que precisar, conte com a Prestho!

Acesse nosso blog e nossas redes sociais e fique por dentro de dicas e conteúdos que produzimos especialmente para você.

Como Fazer Empréstimo Rápido e Fácil em 6 Passos

6 passos para fazer um empréstimo rápido e fácil

Quando você ouve a palavra empréstimo fica com aquela sensação de que é algo muito burocrático, que vai fazer você sair de casa, enfrentar fila ou que vai demorar meses para ser aprovado? Pode ir tirando esses pensamentos da cabeça! A gente vai te mostrar passo a passo como contratar o seu empréstimo rápido e fácil pela internet, de forma totalmente segura, pra você dar entrada no seu crédito hoje mesmo (Uhul!).

Vale destacar que uma das melhores opções para quem precisa de crédito rápido e não quer pagar taxas abusivas é o Empréstimo Consignado. A principal vantagem de contratar essa modalidade é que as parcelas são descontadas diretamente do salário ou benefício, deixando os juros beeem menores, além de ser muito mais fácil de contratar.

Agora, vamos às dicas?!

1 – Faça uma simulação, a qualquer hora!

Pra começar, o ideal é que você faça uma simulação antes de contratar o seu Empréstimo Consignado.

Hoje em dia, vários bancos já oferecem a opção de simulação online e algumas são totalmente grátis. Além de serem mais práticas, você faz quando quiser, de qualquer lugar!

Com a quantidade de usuários da internet aumentando a cada ano, as instituições financeiras estão investindo cada vez mais em segurança na internet. Por isso, você pode ficar sossegado! Quando uma empresa de confiança disser que os seus dados estão protegidos, eles realmente estão!

Pra fazer a simulação é bem simples! Você só precisa passar algumas informações básicas que serão analisadas e aí então você recebe uma proposta. Feito isso, é só analisar a oferta direitinho e decidir se ficou bacana pro seu bolso.

2 – Pesquise, pesquise, pesquise!

Essa dica vale ouro, heim?! É muito importante que, antes de contratar qualquer serviço financeiro, você pesquise muito sobre a empresa. A dica batuta aqui é: pesquise em fontes confiáveis e fique com um pé atrás quando uma empresa prometer valores muito baixos ou ofertas malucas. 

É de grande valia que você analise direitinho a integridade da empresa. Você sabia que para melhorar o processo de segurança, somente bancos e instituições financeiras cadastradas no Banco Central podem fazer empréstimo? Pois é! Fique de olho e pesquise bastante!

3 – Uni-duni-tê… O banco escolhido foi…

Ao fazer as simulações online você já consegue ter uma ideia de qual banco é a melhor opção para atender às suas necessidades do momento, não é?

Procurar um banco que ofereça o Empréstimo Consignado online, por exemplo, é uma ótima solução nessas horas. Além de ser rápido e possuir as menores taxas, como já falamos aqui, ele é muito mais fácil de contratar e a aprovação pode sair em questão de horas! Todas essas vantagens ajudam bastante na hora de comparar as ofertas entre os outros bancos.

4 – Quase lá!

Depois de decidir qual o melhor banco para fazer o seu Empréstimo Consignado, chegou a hora de começar a passar algumas informações para o processo. Geralmente, os documentos exigidos, tanto para o empréstimo quanto para o Cartão de Crédito Consignado, são: CPF, RG, comprovantes de residência e de renda.

Depois disso, é só aguardar pela aprovação.

5 – Avalie tuuudo, tuuudo!

Bom, depois que a documentação for analisada e a sua solicitação estiver nos trinks, é hora de avaliar a proposta de crédito. Atenção nessa hora, hein?!

Tudo tem que estar de acordo com o que foi solicitado por você. Cada cobrança, cada item do processo, precisa estar escrito tim-tim por tim-tim no contrato. Se ficar com alguma dúvida, o ideal é que você entre em contato com o banco escolhido para rever todas essas questões, ok?!

6 – Tudo nos trinks!

Depois de analisar tudo certinho e assinar o contrato, o próximo passo é verificar se o dinheiro caiu na sua conta após o prazo dado pelo banco. Vale lembrar: O valor deve ser o mesmo do contrato, nem a mais e nem a menos, certo? Caso os valores não estejam batendo, é importante entrar em contato com o banco o quanto antes.

Empréstimo Consignado. Conte com a Prestho!

Se você acompanhou todos passos até aqui, que tal fazer a sua simulação agora mesmo?! Com a Pestho você faz a simulação online quantas vezes quiser e recebe o valor da sua proposta na hora! Sem burocracia e de um jeito totalmente seguro, você garante o seu Empréstimo Consignado na palma da sua mão. É tudo online meeesmo!

Ouça agora! Podcast: Margem consignável e Cartão de crédito consignado

Olha como é fácil contratar seu Empréstimo Consignado na Prestho:

1 – Faça a simulação aqui

2 – Defina o valor para contratar

3 – Pra garantir a sua segurança e a validação do contrato, você só precisa enviar algumas fotos dos seus documentos + uma selfie

4 – Depois da aprovação, é só aguardar o dinheiro cair na sua conta 

Aproveite todas essas dicas e dê entrada no seu Empréstimo agora mesmo.

Empréstimo Consignado Urgente

5 sinais de que você precisa de um empréstimo urgente

As contas não param de chegar e você está perdendo o controle da situação? Pra te ajudar nessa tarefa, preparamos uma lista com 5 sinais de que você precisa de um empréstimo urgente!

Confira com a gente as situações abaixo e veja se elas te parecem familiar. Caso você se identifique, é hora de agir e solicitar um Crédito Consignado para sair desse sufoco.

Vamos com a gente!

5 sinais de que você precisa de um empréstimo urgente

1 – Dá aquele arrepio quando o telefone toca

Você nem atende mais o telefone com medo de que seja cobrança. Quando vê que é número desconhecido, já bate o desespero.

via GIPHY

2 – Uni, duni, tê 

Você está escolhendo qual conta pagar porque não consegue pagar todas. O valor das contas é muito maior que o dinheiro que você recebe no mês, por isso sempre ficam algumas para trás rendendo juros. É de lascar!

via GIPHY

3 – Se eu devo, não me lembro

Você nem sabe mais o quanto deve no total. Os juros se acumularam de uma forma que você perdeu o controle total da situação.

via GIPHY

4 – Insônia

As dívidas estão fazendo você perder o sono? Não consegue se concentrar em mais nada porque fica preocupado e todo borocoxô?

via GIPHY

5 – Shiiiiu

Você esconde as dívidas da sua família? Não vá nessa onda! Isso é sinal de que as pessoas em quem você mais confia não aprovam o que você está fazendo.

via GIPHY

Se identificou com as opções? Então é o momento de solicitar um empréstimo urgente. 

Empréstimo urgente? O Crédito Consignado é a solução

Muitas vezes, quando pensamos em algo urgente, já imaginamos que vai sair mais caro. Mas, com o Crédito Consignado, não é assim.

Com juros muito mais baixos que os do banco, o Crédito Consignado te ajuda a sair de um momento de sufoco e garante tranquilidade para seus dias de forma muito prática.

Só pra você ter uma ideia, enquanto as taxas de juros do cheque especial chegam a cerca de 315% ao ano, as do Empréstimo Consignado giram em torno de apenas 28% ao ano. É uma diferença grande que pode te ajudar muito em suas finanças.

Bom, né? Se quiser saber mais sobre as taxas do Crédito Consignado, confira o texto que fizemos contando por que as taxas de juros do crédito consignado são tão baixas.

Empréstimo Consignado é na Prestho

A Prestho é a melhor opção para Aposentados, Pensionistas do INSS e Servidores Federais! Aqui, você faz empréstimo prático, seguro e rápido.

Garantimos tranquilidade nos momentos de sufoco até para quem está com o nome sujo. Isso porque não fazemos consulta ao SPC ou Serasa e nem solicitamos avalista. O que facilita muito em um momento difícil. 

Confira como funciona o crédito para negativado

Além disso, na Prestho, você contrata seu Empréstimo Consignado totalmente online! Ou seja, você pode solicitar seu Crédito com total segurança onde e quando quiser, inclusive finais de semana e feriados. Pode contar com a gente!

Se você tem dúvidas sobre o Empréstimo Consignado online, confira esse texto que conta tudo pra você: Empréstimo consignado online é seguro? 

Não perca tempo! Faça uma simulação sem compromisso, totalmente grátis, e veja o quanto de crédito você tem disponível para te ajudar nesse momento.

5 dicas pra aproveitar a aposentadoria

Preparamos pra você 5 dicas pra aproveitar a aposentadoria e tudo de bacana que a terceira idade oferece. Afinal, depois de uma vida de trabalho e muito esforço, o descanso é mais que merecido!

Agora, é o momento de rever prioridades, reorganizar a vida e dar mais espaço pras coisas que você gosta e que te fazem feliz. 

A barra tá limpa pra tirar projetos antigos da gaveta, pra fazer novos planos ou simplesmente aproveitar cada minuto do seu dia com o que te faz bem. Confira nossas dicas e prepare para essa aposentadoria ser um estouro!

 

1 – Mexa o esqueleto

via GIPHY

Ei, você, que sempre foi um pé de valsa, que tal entrar para uma aula de dança de salão pra relembrar os velhos tempos da brilhantina?

Bacana, né? Uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas, novas histórias e quem sabe até reacender a chama com seu broto! 

Sem contar que mexer o esqueleto é ótimo pra saúde! Você faz uma atividade física enquanto se diverte e dá boas gargalhadas. 

É dois pra lá, dois pra cá… Fichinha!

 

2 – Dê um trato no carango

 

via GIPHY

Já dizia Roberto Carlos: “o Calhambeque bip bip, quero conservar o Calhambeque, Bip dubi indupi dubi”. Você tem um carro que é sua paixão? Tire um tempinho pra deixar ele nos trinks, como nos velhos tempos. 

Cheque as luzes, os pneus e o motor, dê um lustre na pintura, substitua as peças antigas e coloque aquele cheirinho gostoso. Huuum! Aí, é só preparar a beca, chamar a patota e se preparar para estourar a boca do balão!

Só não vale parar na contramão, que o guarda ainda está de olho! 

 

3 – Coloque o pé na estrada (viagem na terceira idade)

via GIPHY

Pintou uma viagem com a família? Manda brasa! Arrume suas coisas e dê no pé, que viajar alimenta a alma!

Aproveite o tempo livre para conhecer novos lugares, pessoas bacanas e se divertir muito com quem você gosta. Sair da rotina e viajar na terceira idade pode ser revigorante à beça. Dizem até que rejuvenesce!

Imagina só descansar na sombra com o pé na areia enquanto ouve o barulho das ondas do mar? Ou aproveitar para visitar um familiar que mora em outra cidade e que faz um cafezinho delicioso? Quem sabe até conhecer outro estado ou outro país? O céu é o limite!

Pode ser no seu carango envenenado, em uma excursão de ônibus ou até mesmo de avião. O importante é tirar as barbas de molho e botar pra quebrar!

 

4 – Fique mais perto da família

via GIPHY

Não tem nada mais supimpa que família reunida para o almoço de domingo: é clássico! A casa se enche de gente e o coração, de amor.

Quantas lembranças do arco da velha, histórias pra contar e risadas sem fim. Ter pertinho da gente pessoas queridas é uma joia!

Opa! A família cresceu e a casa ficou pequena? Talvez uma reforma seja uma boa opção. Analise as possibilidades, organize suas finanças e se planeje com carinho. Aquele cantinho do churrasco que você sempre quis vai bombar!

 

5 – Conecte-se

via GIPHY

A família mora longe? Sem bode! Com a internet, ficar perto de quem gosta é fichinha!

Dá pra dar bom dia pelo zap e mandar as mensagens mais bonitas, dá pra conversar por vídeo e ver como a pessoa está, pra acompanhar as novidades no Facebook e muito mais. 

De acordo com a Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, o contato com as pessoas por redes sociais pode diminuir até 30% da chance de idosos desenvolverem depressão. Sacou, né? Nada de deprê, conecte-se!

A internet facilita muito a vida das pessoas. Hoje em dia, dá pra se fazer quase tudo pelo celular, inclusive abrir conta em banco e fazer empréstimo online seguro, sabia?

Aproveite esse recurso a seu favor.

 

Histórias inspiradoras de idosos e dicas para aproveitar a aposentadoria:

via GIPHY

Esperamos que essas 5 dicas pra aproveitar a aposentadoria sejam muito úteis pra você. E, pra fechar com chave de ouro, separamos também algumas histórias inspiradoras de idosos pra você guardar na cabeça.

Vale a pena conferir. Depois, é só correr para o abraço!

Empréstimo consignado online é seguro?

Empréstimo consignado online é seguro?

Você fica assustado quando vê no jornal tanta notícia sobre hackers, crimes virtuais, golpes de empréstimo consignado online e golpes contra idosos? Nós também! É muito ruim pensar que existem pessoas que se especializam em tirar vantagem de outras, mas, infelizmente, elas existem e estão por toda parte. Principalmente quando o assunto é dinheiro.

Mas temos que pensar que, por outro lado, existem empresas sérias e confiáveis, que tratam o cliente como ele merece, com respeito e cuidado, e que também se dispõem a esclarecer todas as dúvidas, questões e dificuldades no processo de empréstimo. Elas oferecem não só o dinheiro em si, mas uma chance para a pessoa de fazer o que ela sempre quis, mas nunca conseguiu por falta de condições, ou aquela mãozinha para ajudar em um momento de aperto.

E agora, o que fazer?

Temos aqui os dois lados da moeda. Por isso, para evitar golpes e ações maliciosas, buscar empresas sérias e compromissadas é muito importante. 

Ou seja, o empréstimo online pode ser seguro sim! Só é preciso estar muito atento a todos os detalhes e analisar tudo, tim-tim por tim-tim. Você já ouviu o ditado: “uma pessoa prevenida vale por duas“? É exatamente este o lema que você deve ter em mente na hora de solicitar o seu. Assim, você consegue aproveitar o melhor da vida com muita tranquilidade. 

Quer saber como fazer isso e quais pontos analisar? Confira nossas dicas abaixo e vem com a gente que vamos te ajudar. 

Ouça agora! Podcast: Benefícios para os aposentados

O que é empréstimo consignado online?

É aquele que você faz sem precisar sair do conforto da sua casa. Dá pra fazer até do seu sofá, basta ter um celular ou um computador com acesso à internet. É uma modalidade que está crescendo cada vez mais no Brasil e já está presente em vários países. Tem muita história aí.

Um tipo bem comum é o empréstimo consignado online. Veja só como ele é simples: você simula o quanto de crédito tem disponível, envia fotos de alguns documentos, recebe a aprovação e pronto, dinheiro na conta! Tudo online!

E sabe o que ele tem de melhor? Ele é muito prático, você faz rapidinho, sem burocracia, e, geralmente, tem taxas menores que as de um banco, por exemplo.

Muito fácil, né? Porém, para aproveitar essa facilidade, é preciso ficar esperto e prestar atenção em alguns pontos e-s-s-e-n-c-i-a-i-s. Vamos lá!

O que são correspondentes bancários? 

A maioria das empresas que oferecem empréstimo consignado online são correspondentes bancários. Como o próprio nome diz, eles representam os bancos e são a ponte entre quem está solicitando o empréstimo e as instituições bancárias.

O que são correspondentes bancários

Como saber se a empresa é confiável?

O primeiro passo para fazer um empréstimo de sucesso é escolher uma empresa séria e confiável, com quem você pode realmente contar. Confira alguns pontos de atenção:

1 – Informação é tudo! 

Confira se a empresa tem informações de contato no site, como endereço, CNPJ, canais de atendimento. Caso você não se sinta seguro, solicite uma ligação antes de fechar negócio.

2  – Segurança em primeiro lugar! 

Verifique se as informações do site são protegidas. Basta dar uma olhadinha se, no endereço do site, no topo do navegador, contém a sigla “https” em vez de “http”. É só uma letrinha diferente, mas esse “s” indica que o site está seguro! Outra dica é olhar se tem o símbolo de um cadeado fechado, o que indica uma conexão segura e criptografada.

Informações criptografadas

3 – Lar, doce lar! 

Se estiver em lugares públicos, dê uma olhadinha em volta pra ver se não tem ninguém te observando. O ideal é que as pessoas não consigam ver sua tela, nem as informações que você está digitando. Quer uma dica? Solicitar empréstimo em casa é muito melhor e mais seguro. Você faz no seu tempo, com segurança e tranquilidade.

4 –  Onde há fumaça, há fogo! 

Desconfie se te pedirem para depositar algum valor adiantado para liberar o empréstimo. Isso é ilegal e é bem provável que seja um golpe. Também fique esperto se te apressarem para fechar o negócio logo. Um empréstimo é algo pensado que requer pesquisa e tempo de decisão. Na dúvida, não feche.

Agiota? Nem pensar!

Fuja dos agiotas

Na hora do aperto, muitas pessoas se desesperam e acabam pegando dinheiro emprestado com um agiota e, em vez de resolverem um problema, acabam entrando em uma fria maior ainda. Pode parecer comum, mas a agiotagem é crime e tem feito mal para várias pessoas. Não caia nessa! Se quiser saber mais sobre o assunto, confira o artigo que escrevemos sobre por que não tomar empréstimo com um agiota.

Empréstimo consignado online é seguro sim!

Agora que você já sabe os principais cuidados que deve ter antes de pedir um empréstimo online, podemos dizer que ele é seguro sim e uma ótima opção para quem precisa de dinheiro rápido e prático. Organize suas finanças, planeje seus gastos e saia do sufoco! Aproveite essa fase da vida tão gostosa com saúde e bem-estar.

Ouça agora! Podcast: Benefícios para os aposentados

Saiba o que é o golpe do empréstimo e o que fazer para se prevenir

Apesar de antigo, o golpe do empréstimo continua fazendo mais vítimas ano a ano. O motivo é fácil de entender: desesperadas, as pessoas endividadas/negativadas buscam pela solução de crédito mais simples de se obter. No entanto, esse é um caso clássico em que o barato pode sair caro.

O que é o golpe do empréstimo?

Basicamente, o golpe do empréstimo consiste na cobrança de uma taxa antecipada para a realização de um suposto empréstimo, cujo valor nunca será recebido pelo solicitante.

O criminoso, normalmente, utiliza jornais, revistas, ligações ou sites para oferecer empréstimos que não dependem de consulta ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), Serasa ou avalista e que possuem taxas de juros muito baixas e atrativas. Para receber o dinheiro, o estelionatário solicita que a vítima deposite uma taxa em uma conta corrente específica.

Os criminosos informam que essa taxa é destinada a operações como: análise de crédito, pagamento de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), seguro ou, ainda, a uma comissão.

Independente da finalidade do pagamento dessa quantia, o que acontece no golpe do empréstimo é que, após o depósito, o solicitante não recebe nenhum valor em sua conta, tampouco consegue contato com a suposta empresa responsável pela liberação desse crédito.

Baixe agora! Lista de Tarefas: Veja como colocar suas contas em dia!

Como identificar se o empréstimo se trata de um golpe

Antes de tudo, é importante dizer que existem sim, opções de crédito em instituições financeiras confiáveis, que oferecem o serviço para pessoas negativadas sem avalistas ou consulta ao SPC/Serasa.

Para evitar cair no golpe do empréstimo, existem algumas dicas que você pode seguir:

1. Instituições sérias nunca cobram depósito antecipado para cobrir alguma tarifa

Todas as tarifas, tributos, seguros e despesas que devem ser pagas ao se contratar um empréstimo estão inseridas no Custo Efetivo Total (CET) dessa operação, que nada mais é do que a somatória dessas taxas e do valor a ser tomado. Esse custo deve estar explícito para o consumidor na hora de contratar o serviço.

As tarifas que podem ser cobradas em um empréstimo e que já estão dentro do CET, são:

  • Taxa de juros;
  • Taxa de análise de crédito;
  • IOF;
  • Taxas administrativas;
  • Taxa de manutenção de cadastro.

Todas essas tarifas e mais taxas adicionais que podem ser cobradas devem estar explícitas para o consumidor no momento da contratação.

O Custo Efetivo Total deve ter seu valor dividido durante o prazo de pagamento da operação e embutido na prestação a ser paga mensalmente.

Isso significa que nenhuma taxa é paga antecipadamente. Ou seja, se a empresa ou suposta instituição financeira exigir um depósito antecipado para finalizar a contratação do empréstimo, é muito provável que se trate de um crime de estelionato.

2. Pesquise a instituição financeira/empresa que está oferecendo o depósito

Outra dica importante para identificar empréstimos fraudulentos é buscar conhecer a empresa ou a instituição financeira que está oferecendo o serviço. Para isso, verifique se a empresa possui endereço físico conhecido, número de telefone, se a instituição financeira da qual é correspondente bancário é autorizada pelo Banco Central.

Também vale a pena pesquisar o nome da empresa no Google ou em outro buscador e ver o que você encontra sobre ela.

Acesse o site oficial da empresa e procure por um texto que explique quem ela é, a política de privacidade e um selo de segurança para navegação. Esses detalhes podem parecer pequenos, mas estar atento a eles pode impedir que você caia em um golpe.

3. Atente-se às ofertas de crédito

Desconfie de ofertas de crédito que possuem taxas de juros muito baixas, a não ser que se trate de crédito consignado.

O crédito consignado é mais fácil de se obter e pode ser concedido a pessoas negativadas porque é uma modalidade em que o pagamento é descontado diretamente da folha de pagamento. Assim, a empresa que está oferecendo o empréstimo tem mais garantia de que não vai sofrer com inadimplência.

No entanto, se o empréstimo for pessoal, a empresa deve tomar mais precauções antes de conceder o crédito. Para isso, é normal que ela faça consultas ao SPC e ao Serasa, que tenha taxas de juros maiores e que peça comprovantes de renda, por exemplo.

Sendo assim, é importante desconfiar de empréstimos pessoais em que o processo é muito facilitado.

Por que confiar na Prestho?

A missão da Prestho é facilitar a obtenção de crédito consignado através da tecnologia. Por isso, o processo de contratação de crédito aqui na Prestho é 100% digital. Nós não somos uma instituição financeira, mas sim um correspondente bancário credenciado ao Banco BMG e ao Banco Olé Consignado.

Como nosso principal produto é o crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS, os empréstimos/cartões de crédito consignado são oferecidos até mesmo para pessoas negativadas.

Não há consulta a órgãos de proteção de crédito, tampouco a necessidade de avalistas. O pagamento das parcelas é descontado diretamente do benefício (ou dos benefícios) recebidos por nossos clientes. Todas as taxas do CET do empréstimo são cobradas dentro da parcela mensal e nenhum depósito precisa ser feito antes do dinheiro estar em sua conta, nem depois do crédito aprovado.

Lembre-se sempre: solicitar depósito antecipado para aprovação de crédito é crime.

Como funciona o processo de contratação do crédito consignado na Prestho?

Para contratar seu crédito consignado aqui na Prestho, basta acessar nosso Simulador de Crédito Consignado e preencher, inicialmente, 4 campos com seus dados para que possamos mostrar a sua margem de crédito. Se você tiver mais de um benefício, a margem deles será exibida, tanto para o empréstimo consignado quanto para o cartão de crédito consignado.

Depois disso, é só avaliar o valor que você deseja e clicar em “Contratar Agora“. Aí, vamos precisar que você envie as fotos dos seus documentos e que aguarde a análise de crédito dos bancos e a averbação do INSS. Depois de aprovado, o dinheiro estará na sua conta em até 36h.

Se você ainda tem dúvidas, consulte nossa seção de dúvidas frequentes. Caso o conteúdo dessa página não te ajude, entre em contato conosco por e-mail (contato@prestho.com.br), pelo chat da nossa página no Facebook ou pelo chat aqui do site.

Não se preocupe. Seus dados estarão seguros conosco e não vamos compartilhá-los com terceiros. Nosso site é seguro e toda as informações fornecidas por você são criptografadas.

Depois de estar seguro, navegar em nosso site, visitar nossa Política de Privacidade e Termos de Uso e conhecer mais sobre a Prestho, faça a sua simulação clicando no link abaixo:

Baixe agora! Lista de Tarefas: Veja como colocar suas contas em dia!
Dicas para aliviar dor nas costas

Dor nas costas na terceira idade: 3 dicas para te auxiliar a aliviá-la

Uma das principais queixas das pessoas na terceira idade é a dor nas costas. Segundo o estudo Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, quase 30% dos idosos sofrem de dores crônicas, sendo que as mais comuns são na região das costas e nas pernas.

Existem muitas causas para dor nas costas em idosos. Ela pode ser motivada por osteoporose, reumatismo e até mesmo má-postura. Para saber qual é a causa da sua dor nas costas, é importante consultar seu médico, pois ela pode indicar uma doença mais séria.

No entanto, caso a sua dor nas costas seja fruto simplesmente de má-postura ou de um colchão ruim, trazemos neste artigo três dicas que podem te ajudar a aliviá-la.

Dicas para aliviar a dor nas costas

1. Massagens com óleos

Massagear as costas pode ajudar a aliviar a dor, especialmente se óleos de ervas forem utilizados no processo. Nossa sugestão é usar óleo de erva-cidreira ou de erva-de-São-João. Para fazer o óleo, coloque 200 gramas de folhas secas da erva em 1 litro de álcool 60% durante 10 dias. Depois, basta coar a mistura e usar água para diluí-la.

2. Banhos e compressas quentes

Banhos e compressas quentes ajudam a aliviar a dor. Você pode tanto tomar um banho quente com chá de alecrim ou tomilho, quanto utilizar compressas com esses compostos. Para as compressas, é importante deixá-las agir por cerca de 15 minutos, de modo a evitar queimaduras.

3. Alongamentos das costas

Alongar-se pode ser uma opção para suavizar a dor nas costas. Para isso, é importante esticar as costas utilizando algum apoio para as mãos e manter a posição por cerca de 30 segundos.

Um travesseiro também pode te ajudar a alongar. Deite-se e coloque um travesseiro alto entre as pernas. Em seguida, posicione a coxa para cima de modo a fazer um ângulo de 90° com o joelho. Fique nessa posição durante alguns minutos.

Procure um médico

Todas essas dicas podem te ajudar a aliviar as dores nas costas, mas elas não substituem uma consulta com o seu médico. Como já falamos, é preciso ter atenção às dores constantes, porque elas podem indicar outras doenças. Por isso, não deixe de agendar sua consulta.

Para continuar aprendendo mais sobre qualidade de vida, acesse o blog da Prestho:

Ir para o blog

INSS: quem são os dependentes do segurado?

Saiba quem são os dependentes do segurado do INSS

Beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), tanto aposentados quanto pensionistas, podem possuir dependentes. Os dependentes, apesar de não contribuírem para a previdência, se enquadram como passíveis de, em algum momento, receberem benefícios do Regime Geral de Previdência Social.

Quem são os dependentes do segurado do INSS?

Os dependentes dos beneficiários são aqueles que se enquadram nos critérios básicos de dependência econômica/familiar. A legislação divide os dependentes em três classes, que são:

Classe 1

Na classe 1, enquadram-se cônjuges, companheiros e filhos não emancipados, de qualquer condição, que sejam menores de 21 anos ou inválidos, mediante declaração judicial.

É importante ressaltar que enteados e menores tutelados são equiparados a filhos, desde que o segurado do INSS faça uma declaração e que a dependência econômica seja comprovada através de documentação correta.

Já companheiros só podem se tornar beneficiários caso mantenham união estável com o segurado do INSS. Configuram-se como união estável uniões com convivência pública, contínua e duradoura e criada com a intenção de constituir família.

Os cônjuges divorciados só têm direito ao benefício caso sejam beneficiários de pensão alimentícia.

Classe 2

Na classe 2, estão os pais do beneficiário.

Classe 3

Por fim, na classe 3, enquadram-se os irmãos não emancipados, de qualquer condição, que sejam menores que 21 anos ou inválidos, também mediante declaração judicial.

Quais documentos são necessários para identificar os dependentes?

Para dependentes acima de 16 anos, são necessários um documento de identificação com foto e o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF). Já para os menores que não são titulares do benefício, a apresentação da documentação é opcional.

Conforme o caso, também pode ser necessário apresentar: certidão de casamento ou de nascimento, averbação de divórcio, certidão de óbito, certidão de tutela, declaração de não emancipação e comprovação de dependência econômica.

No caso de pais e irmãos, é necessário, ainda, comprovar que não existem dependentes enquadrados na classe 1. Enfim, a documentação pode variar conforme a classe do dependente.

Quais benefícios podem ser recebidos pelo dependente?

O dependente tem direito aos seguintes benefícios:

  • Pensão por morte
  • Auxílio reclusão
  • Serviço social
  • Reabilitação profissional

Quer continuar a aprender mais sobre os seus direitos enquanto beneficiário do INSS?

Conheça nosso blog