Notícias e informações pra você

Conheça os golpes contra idosos mais comuns

Especialista fala sobre golpes mais comuns aplicados aos idosos

Advogado recomenda medidas para não cair na cilada e evitar até mesmo a violência física

Fonte: EBC

Você sabia que os idosos são as principais vítimas de estelionato? Pela fragilidade ou pela necessidade, os mais velhos viram presas fáceis para os golpistas que operam os mais diversos tipos de crimes.

A internet, por exemplo, é território cada vez fértil para os golpes. É o que afirma o advogado, especialista em Direito do Consumidor, Dori Bocault.

“Atualmente, os picaretas e vigaristas estão usando a internet porque o idoso já está bem conectado. E o idoso é uma pessoa que sempre trabalhou, sempre confiou nas pessoas. Com isso, acredita que do outro lado da tela tem alguém com uma oferta maravilhosa, milagrosa. Ou também por telefone: eles ligam e oferecem diversos prêmios, facilidades ou pedem para confirmar os dados e, às vezes, eles não têm os dados. Se eles têm os dados, você fica quieto. Quem tem que falar os dados são eles, e não pedir pra mandar pra lá”, explica o advogado.

O advogado destaca que há também a abordagem nas casas dos idosos. Os golpistas se passam por profissionais de algumas empresas e querem aplicar golpes e podem até agir com violência. Ele orienta que não se abra a porta para quem não é conhecido.

O especialista comenta ainda alguns golpes mais comuns, como: prestadores de serviços falsos que aparecem na residência e dizem que estão a mando da empresa; golpe da aposentadoria, em que o golpista diz que vai melhorar os valores do benefícios; golpe do colchão, que não existe e não vai ser entregue; além de golpes e assaltos em caixas eletrônicos, principalmente à noite.

Acompanhe a entrevista completa concedida ao programa Tarde Nacional, transmitido pela Rádio Nacional de Brasília e pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Ouça aqui.

Acesse sua área na Prestho e acompanhe a situação de suas solicitações de empréstimo.

Saiba sobre os valores disponíveis e taxas reais aplicadas e finalize seu pedido sem compromisso.

A autorização para a contratação deve ser dada por você.

É seguro!

© Copyright 2019 - Prestho - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade e Termos de Uso do Serviço

© Copyright 2019 - Prestho - Todos os direitos reservados

A plataforma www.prestho.com.br pertence à PRESTHO DIGITAL LTDA, CNPJ: 10.299.040/0001-30, com sede na Avenida Rondon Pacheco, 3338 CEP: 38408-404, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. Para entrar em contato, utilize o e-mail: contato@prestho.com.br.

A Prestho apenas intermedia as operações de consignado, entre os usuários e os bancos parceiros. A análise de crédito e a liberação do valor na conta do cliente é feita única e exclusivamente pelos bancos parceiros. A aprovação de créditos consignados descritos nesta plataforma está sujeita a margem consignada e averbação por parte o orgão pagador. As taxas de juros praticadas no empréstimo consignado e no cartão de crédito consignado são determinadas pelos bancos parceiros, conforme suas políticas e serão, sempre confirmadas e exibidas antes de qualquer contratação. A quantidade de parcelas para quitação do empréstimo no convenio INSS será sempre de 72 nas contratações feitas pela plataforma ou App.

Exemplo representativo utilizando as taxas máximas de contratação para aposentados e pensionistas do INSS: um empréstimo de R$ 1.000,00, parcelado em 72 meses, terá parcelas de R$ 28,57, com um valor final do contrato de R$ 2.057,04, tendo como dados adicionais para esse exemplo o IOF, com o valor de R$ 31,24, sem tarifa de cadastro, juros de 2,08% a.m. (28,0230% a.a.) e o CET, de 2,19% a.m. (30,13% a.a).

Utilize seu crédito de forma consciente e somente em caso de necessidade.

Os produtos oferecidos estão sujeitos a alterações utilizando taxas mais vantajosas para o cliente, a depender de fatores determinados pelos bancos parceiros.