Como Fazer Empréstimo Rápido e Fácil em 6 Passos

6 passos para fazer um empréstimo rápido e fácil

Quando você ouve a palavra empréstimo fica com aquela sensação de que é algo muito burocrático, que vai fazer você sair de casa, enfrentar fila ou que vai demorar meses para ser aprovado? Pode ir tirando esses pensamentos da cabeça! A gente vai te mostrar passo a passo como contratar o seu empréstimo rápido e fácil pela internet, de forma totalmente segura, pra você dar entrada no seu crédito hoje mesmo (Uhul!).

Vale destacar que uma das melhores opções para quem precisa de crédito rápido e não quer pagar taxas abusivas é o Empréstimo Consignado. A principal vantagem de contratar essa modalidade é que as parcelas são descontadas diretamente do salário ou benefício, deixando os juros beeem menores, além de ser muito mais fácil de contratar.

Agora, vamos às dicas?!

1 – Faça uma simulação, a qualquer hora!

Pra começar, o ideal é que você faça uma simulação antes de contratar o seu Empréstimo Consignado.

Hoje em dia, vários bancos já oferecem a opção de simulação online e algumas são totalmente grátis. Além de serem mais práticas, você faz quando quiser, de qualquer lugar!

Com a quantidade de usuários da internet aumentando a cada ano, as instituições financeiras estão investindo cada vez mais em segurança na internet. Por isso, você pode ficar sossegado! Quando uma empresa de confiança disser que os seus dados estão protegidos, eles realmente estão!

Pra fazer a simulação é bem simples! Você só precisa passar algumas informações básicas que serão analisadas e aí então você recebe uma proposta. Feito isso, é só analisar a oferta direitinho e decidir se ficou bacana pro seu bolso.

2 – Pesquise, pesquise, pesquise!

Essa dica vale ouro, heim?! É muito importante que, antes de contratar qualquer serviço financeiro, você pesquise muito sobre a empresa. A dica batuta aqui é: pesquise em fontes confiáveis e fique com um pé atrás quando uma empresa prometer valores muito baixos ou ofertas malucas. 

É de grande valia que você analise direitinho a integridade da empresa. Você sabia que para melhorar o processo de segurança, somente bancos e instituições financeiras cadastradas no Banco Central podem fazer empréstimo? Pois é! Fique de olho e pesquise bastante!

3 – Uni-duni-tê… O banco escolhido foi…

Ao fazer as simulações online você já consegue ter uma ideia de qual banco é a melhor opção para atender às suas necessidades do momento, não é?

Procurar um banco que ofereça o Empréstimo Consignado online, por exemplo, é uma ótima solução nessas horas. Além de ser rápido e possuir as menores taxas, como já falamos aqui, ele é muito mais fácil de contratar e a aprovação pode sair em questão de horas! Todas essas vantagens ajudam bastante na hora de comparar as ofertas entre os outros bancos.

4 – Quase lá!

Depois de decidir qual o melhor banco para fazer o seu Empréstimo Consignado, chegou a hora de começar a passar algumas informações para o processo. Geralmente, os documentos exigidos, tanto para o empréstimo quanto para o Cartão de Crédito Consignado, são: CPF, RG, comprovantes de residência e de renda.

Depois disso, é só aguardar pela aprovação.

5 – Avalie tuuudo, tuuudo!

Bom, depois que a documentação for analisada e a sua solicitação estiver nos trinks, é hora de avaliar a proposta de crédito. Atenção nessa hora, hein?!

Tudo tem que estar de acordo com o que foi solicitado por você. Cada cobrança, cada item do processo, precisa estar escrito tim-tim por tim-tim no contrato. Se ficar com alguma dúvida, o ideal é que você entre em contato com o banco escolhido para rever todas essas questões, ok?!

6 – Tudo nos trinks!

Depois de analisar tudo certinho e assinar o contrato, o próximo passo é verificar se o dinheiro caiu na sua conta após o prazo dado pelo banco. Vale lembrar: O valor deve ser o mesmo do contrato, nem a mais e nem a menos, certo? Caso os valores não estejam batendo, é importante entrar em contato com o banco o quanto antes.

Empréstimo Consignado. Conte com a Prestho!

Se você acompanhou todos passos até aqui, que tal fazer a sua simulação agora mesmo?! Com a Pestho você faz a simulação online quantas vezes quiser e recebe o valor da sua proposta na hora! Sem burocracia e de um jeito totalmente seguro, você garante o seu Empréstimo Consignado na palma da sua mão. É tudo online meeesmo!

Olha como é fácil contratar seu Empréstimo Consignado na Prestho:

1 – Faça a simulação aqui

2 – Defina o valor para contratar

3 – Pra garantir a sua segurança e a validação do contrato, você só precisa enviar algumas fotos dos seus documentos + uma selfie

4 – Depois da aprovação, é só aguardar o dinheiro cair na sua conta 

Aproveite todas essas dicas e dê entrada no seu Empréstimo agora mesmo.

5 dicas pra aproveitar a aposentadoria

Preparamos pra você 5 dicas pra aproveitar a aposentadoria e tudo de bacana que a terceira idade oferece. Afinal, depois de uma vida de trabalho e muito esforço, o descanso é mais que merecido!

Agora, é o momento de rever prioridades, reorganizar a vida e dar mais espaço pras coisas que você gosta e que te fazem feliz. 

A barra tá limpa pra tirar projetos antigos da gaveta, pra fazer novos planos ou simplesmente aproveitar cada minuto do seu dia com o que te faz bem. Confira nossas dicas e prepare para essa aposentadoria ser um estouro!

 

1 – Mexa o esqueleto

via GIPHY

Ei, você, que sempre foi um pé de valsa, que tal entrar para uma aula de dança de salão pra relembrar os velhos tempos da brilhantina?

Bacana, né? Uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas, novas histórias e quem sabe até reacender a chama com seu broto! 

Sem contar que mexer o esqueleto é ótimo pra saúde! Você faz uma atividade física enquanto se diverte e dá boas gargalhadas. 

É dois pra lá, dois pra cá… Fichinha!

 

2 – Dê um trato no carango

 

via GIPHY

Já dizia Roberto Carlos: “o Calhambeque bip bip, quero conservar o Calhambeque, Bip dubi indupi dubi”. Você tem um carro que é sua paixão? Tire um tempinho pra deixar ele nos trinks, como nos velhos tempos. 

Cheque as luzes, os pneus e o motor, dê um lustre na pintura, substitua as peças antigas e coloque aquele cheirinho gostoso. Huuum! Aí, é só preparar a beca, chamar a patota e se preparar para estourar a boca do balão!

Só não vale parar na contramão, que o guarda ainda está de olho! 

 

3 – Coloque o pé na estrada (viagem na terceira idade)

via GIPHY

Pintou uma viagem com a família? Manda brasa! Arrume suas coisas e dê no pé, que viajar alimenta a alma!

Aproveite o tempo livre para conhecer novos lugares, pessoas bacanas e se divertir muito com quem você gosta. Sair da rotina e viajar na terceira idade pode ser revigorante à beça. Dizem até que rejuvenesce!

Imagina só descansar na sombra com o pé na areia enquanto ouve o barulho das ondas do mar? Ou aproveitar para visitar um familiar que mora em outra cidade e que faz um cafezinho delicioso? Quem sabe até conhecer outro estado ou outro país? O céu é o limite!

Pode ser no seu carango envenenado, em uma excursão de ônibus ou até mesmo de avião. O importante é tirar as barbas de molho e botar pra quebrar!

 

4 – Fique mais perto da família

via GIPHY

Não tem nada mais supimpa que família reunida para o almoço de domingo: é clássico! A casa se enche de gente e o coração, de amor.

Quantas lembranças do arco da velha, histórias pra contar e risadas sem fim. Ter pertinho da gente pessoas queridas é uma joia!

Opa! A família cresceu e a casa ficou pequena? Talvez uma reforma seja uma boa opção. Analise as possibilidades, organize suas finanças e se planeje com carinho. Aquele cantinho do churrasco que você sempre quis vai bombar!

 

5 – Conecte-se

via GIPHY

A família mora longe? Sem bode! Com a internet, ficar perto de quem gosta é fichinha!

Dá pra dar bom dia pelo zap e mandar as mensagens mais bonitas, dá pra conversar por vídeo e ver como a pessoa está, pra acompanhar as novidades no Facebook e muito mais. 

De acordo com a Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, o contato com as pessoas por redes sociais pode diminuir até 30% da chance de idosos desenvolverem depressão. Sacou, né? Nada de deprê, conecte-se!

A internet facilita muito a vida das pessoas. Hoje em dia, dá pra se fazer quase tudo pelo celular, inclusive abrir conta em banco e fazer empréstimo online seguro, sabia?

Aproveite esse recurso a seu favor.

 

Histórias inspiradoras de idosos e dicas para aproveitar a aposentadoria:

via GIPHY

Esperamos que essas 5 dicas pra aproveitar a aposentadoria sejam muito úteis pra você. E, pra fechar com chave de ouro, separamos também algumas histórias inspiradoras de idosos pra você guardar na cabeça.

Vale a pena conferir. Depois, é só correr para o abraço!

Saiba o que é o golpe do empréstimo e o que fazer para se prevenir

Saiba o que é o golpe do empréstimo e o que fazer para se prevenir

Apesar de antigo, o golpe do empréstimo continua fazendo mais vítimas ano a ano. O motivo é fácil de entender: desesperadas, as pessoas endividadas/negativadas buscam pela solução de crédito mais simples de se obter. No entanto, esse é um caso clássico em que o barato pode sair caro.

O que é o golpe do empréstimo?

Basicamente, o golpe do empréstimo consiste na cobrança de uma taxa antecipada para a realização de um suposto empréstimo, cujo valor nunca será recebido pelo solicitante.

O criminoso, normalmente, utiliza jornais, revistas, ligações ou sites para oferecer empréstimos que não dependem de consulta ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), Serasa ou avalista e que possuem taxas de juros muito baixas e atrativas. Para receber o dinheiro, o estelionatário solicita que a vítima deposite uma taxa em uma conta corrente específica.

Os criminosos informam que essa taxa é destinada a operações como: análise de crédito, pagamento de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), seguro ou, ainda, a uma comissão.

Independente da finalidade do pagamento dessa quantia, o que acontece no golpe do empréstimo é que, após o depósito, o solicitante não recebe nenhum valor em sua conta, tampouco consegue contato com a suposta empresa responsável pela liberação desse crédito.

Como identificar se o empréstimo se trata de um golpe

Antes de tudo, é importante dizer que existem sim, opções de crédito em instituições financeiras confiáveis, que oferecem o serviço para pessoas negativadas sem avalistas ou consulta ao SPC/Serasa.

Para evitar cair no golpe do empréstimo, existem algumas dicas que você pode seguir:

1. Instituições sérias nunca cobram depósito antecipado para cobrir alguma tarifa

Todas as tarifas, tributos, seguros e despesas que devem ser pagas ao se contratar um empréstimo estão inseridas no Custo Efetivo Total (CET) dessa operação, que nada mais é do que a somatória dessas taxas e do valor a ser tomado. Esse custo deve estar explícito para o consumidor na hora de contratar o serviço.

As tarifas que podem ser cobradas em um empréstimo e que já estão dentro do CET, são:

  • Taxa de juros;
  • Taxa de análise de crédito;
  • IOF;
  • Taxas administrativas;
  • Taxa de manutenção de cadastro.

Todas essas tarifas e mais taxas adicionais que podem ser cobradas devem estar explícitas para o consumidor no momento da contratação.

O Custo Efetivo Total deve ter seu valor dividido durante o prazo de pagamento da operação e embutido na prestação a ser paga mensalmente.

Isso significa que nenhuma taxa é paga antecipadamente. Ou seja, se a empresa ou suposta instituição financeira exigir um depósito antecipado para finalizar a contratação do empréstimo, é muito provável que se trate de um crime de estelionato.

2. Pesquise a instituição financeira/empresa que está oferecendo o depósito

Outra dica importante para identificar empréstimos fraudulentos é buscar conhecer a empresa ou a instituição financeira que está oferecendo o serviço. Para isso, verifique se a empresa possui endereço físico conhecido, número de telefone, se a instituição financeira da qual é correspondente bancário é autorizada pelo Banco Central.

Também vale a pena pesquisar o nome da empresa no Google ou em outro buscador e ver o que você encontra sobre ela.

Acesse o site oficial da empresa e procure por um texto que explique quem ela é, a política de privacidade e um selo de segurança para navegação. Esses detalhes podem parecer pequenos, mas estar atento a eles pode impedir que você caia em um golpe.

3. Atente-se às ofertas de crédito

Desconfie de ofertas de crédito que possuem taxas de juros muito baixas, a não ser que se trate de crédito consignado.

O crédito consignado é mais fácil de se obter e pode ser concedido a pessoas negativadas porque é uma modalidade em que o pagamento é descontado diretamente da folha de pagamento. Assim, a empresa que está oferecendo o empréstimo tem mais garantia de que não vai sofrer com inadimplência.

No entanto, se o empréstimo for pessoal, a empresa deve tomar mais precauções antes de conceder o crédito. Para isso, é normal que ela faça consultas ao SPC e ao Serasa, que tenha taxas de juros maiores e que peça comprovantes de renda, por exemplo.

Sendo assim, é importante desconfiar de empréstimos pessoais em que o processo é muito facilitado.

Por que confiar na Prestho?

A missão da Prestho é facilitar a obtenção de crédito consignado através da tecnologia. Por isso, o processo de contratação de crédito aqui na Prestho é 100% digital. Nós não somos uma instituição financeira, mas sim um correspondente bancário credenciado ao Banco BMG e ao Banco Olé Consignado.

Como nosso principal produto é o crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS, os empréstimos/cartões de crédito consignado são oferecidos até mesmo para pessoas negativadas.

Não há consulta a órgãos de proteção de crédito, tampouco a necessidade de avalistas. O pagamento das parcelas é descontado diretamente do benefício (ou dos benefícios) recebidos por nossos clientes. Todas as taxas do CET do empréstimo são cobradas dentro da parcela mensal e nenhum depósito precisa ser feito antes do dinheiro estar em sua conta, nem depois do crédito aprovado.

Lembre-se sempre: solicitar depósito antecipado para aprovação de crédito é crime.

Como funciona o processo de contratação do crédito consignado na Prestho?

Para contratar seu crédito consignado aqui na Prestho, basta acessar nosso Simulador de Crédito Consignado e preencher, inicialmente, 4 campos com seus dados para que possamos mostrar a sua margem de crédito. Se você tiver mais de um benefício, a margem deles será exibida, tanto para o empréstimo consignado quanto para o cartão de crédito consignado.

Depois disso, é só avaliar o valor que você deseja e clicar em “Contratar Agora“. Aí, vamos precisar que você envie as fotos dos seus documentos e que aguarde a análise de crédito dos bancos e a averbação do INSS. Depois de aprovado, o dinheiro estará na sua conta em até 36h.

Se você ainda tem dúvidas, consulte nossa seção de dúvidas frequentes. Caso o conteúdo dessa página não te ajude, entre em contato conosco por e-mail (contato@prestho.com.br), pelo chat da nossa página no Facebook ou pelo chat aqui do site.

Não se preocupe. Seus dados estarão seguros conosco e não vamos compartilhá-los com terceiros. Nosso site é seguro e toda as informações fornecidas por você são criptografadas.

Depois de estar seguro, navegar em nosso site, visitar nossa Política de Privacidade e Termos de Uso e conhecer mais sobre a Prestho, faça a sua simulação clicando no link abaixo:

Dicas para aliviar dor nas costas

Dor nas costas na terceira idade: 3 dicas para te auxiliar a aliviá-la

Uma das principais queixas das pessoas na terceira idade é a dor nas costas. Segundo o estudo Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, quase 30% dos idosos sofrem de dores crônicas, sendo que as mais comuns são na região das costas e nas pernas.

Existem muitas causas para dor nas costas em idosos. Ela pode ser motivada por osteoporose, reumatismo e até mesmo má-postura. Para saber qual é a causa da sua dor nas costas, é importante consultar seu médico, pois ela pode indicar uma doença mais séria.

No entanto, caso a sua dor nas costas seja fruto simplesmente de má-postura ou de um colchão ruim, trazemos neste artigo três dicas que podem te ajudar a aliviá-la.

Dicas para aliviar a dor nas costas

1. Massagens com óleos

Massagear as costas pode ajudar a aliviar a dor, especialmente se óleos de ervas forem utilizados no processo. Nossa sugestão é usar óleo de erva-cidreira ou de erva-de-São-João. Para fazer o óleo, coloque 200 gramas de folhas secas da erva em 1 litro de álcool 60% durante 10 dias. Depois, basta coar a mistura e usar água para diluí-la.

2. Banhos e compressas quentes

Banhos e compressas quentes ajudam a aliviar a dor. Você pode tanto tomar um banho quente com chá de alecrim ou tomilho, quanto utilizar compressas com esses compostos. Para as compressas, é importante deixá-las agir por cerca de 15 minutos, de modo a evitar queimaduras.

3. Alongamentos das costas

Alongar-se pode ser uma opção para suavizar a dor nas costas. Para isso, é importante esticar as costas utilizando algum apoio para as mãos e manter a posição por cerca de 30 segundos.

Um travesseiro também pode te ajudar a alongar. Deite-se e coloque um travesseiro alto entre as pernas. Em seguida, posicione a coxa para cima de modo a fazer um ângulo de 90° com o joelho. Fique nessa posição durante alguns minutos.

Procure um médico

Todas essas dicas podem te ajudar a aliviar as dores nas costas, mas elas não substituem uma consulta com o seu médico. Como já falamos, é preciso ter atenção às dores constantes, porque elas podem indicar outras doenças. Por isso, não deixe de agendar sua consulta.

Para continuar aprendendo mais sobre qualidade de vida, acesse o blog da Prestho:

Ir para o blog

Cuidados para evitar lesões em pessoas com osteoporose

Osteoporose: saiba quais cuidados tomar para evitar lesões

Segundo a International Osteoporosis Foundation, a osteoporose causa uma fratura a cada três segundos, contabilizando nove milhões de fraturas ao ano. Apenas no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, 121.700 fraturas ocorrem anualmente por conta da doença.

A osteoporose é uma doença que causa a diminuição da massa óssea, o que torna os ossos fracos e extremamente sensíveis, quebrando-se com traumas pequenos e até mesmo de maneira espontânea. O mal acomete principalmente mulheres a partir dos 50 anos de idade, mas também atinge homens e mulheres mais jovens.

Por conta do envelhecimento, pessoas idosas já são propensas a quedas e lesões em ossos cuja recuperação é muito lenta. Quando são acometidas pela osteoporose, o risco de se machucar é ainda maior. Por isso, trazemos neste artigo alguns cuidados a serem tomados de modo a evitar acidentes.

Osteoporose: cuidados para evitar quedas

1. Utilize sapatos e roupas adequados

Uma maneira de evitar a queda de idosos é utilizar sapatos fechados, que se adaptam bem aos pés e possuem solado antiderrapante. Roupas compridas e largas também devem ser evitadas, porque podem causar tropeções.

2. Ilumine bem a casa

Manter a casa bem iluminada com lâmpadas fluorescentes também pode auxiliar a evitar quedas. No caso dos quartos, é importante manter um interruptor de luz próximo à cama, para que a locomoção no escuro não seja necessária em nenhum momento.

3. Tenha móveis firmes e seguros

Os móveis também devem se adequar à sua realidade enquanto idoso. Ajuste a altura da cama, tenha um colchão firme e opte por sofás altos e poltronas com braços.

4. Faça adaptações no banheiro

O banheiro é um lugar muito perigoso para idosos, por se tratar de um espaço escorregadio por natureza. Para evitar quedas nesse ambiente, é importante instalar barras de apoio laterais, aumentar a altura do vaso sanitário e utilizar tapetes emborrachados antiderrapantes. Também é importante diferenciar as cores do vaso sanitário e da que é utilizada no chão.

5. Atente-se aos detalhes da casa

Evite deixar fios e bagunça no chão, especialmente nos corredores. Busque utilizar apenas tapetes fixos e não encere o chão. Com esses cuidados, o risco de quedas diminui consideravelmente.

6. Cuide da sua saúde

Busque manter uma alimentação balanceada e rica em cálcio e vitamina D. Além disso, alongue-se conforme as orientações do seu médico e vá ao oftalmologista anualmente, para manter o grau dos óculos ajustados às suas necessidades.

Saiba mais sobre qualidade de vida na terceira idade

A terceira idade é um momento muito especial da vida, em que cuidados diferentes devem ser tomados e novas oportunidades devem ser aproveitadas. Para continuar lendo mais sobre qualidade de vida nessa fase, acompanhe o blog da Prestho.

Ver blog

INSS: quem são os dependentes do segurado?

Saiba quem são os dependentes do segurado do INSS

Beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), tanto aposentados quanto pensionistas, podem possuir dependentes. Os dependentes, apesar de não contribuírem para a previdência, se enquadram como passíveis de, em algum momento, receberem benefícios do Regime Geral de Previdência Social.

Quem são os dependentes do segurado do INSS?

Os dependentes dos beneficiários são aqueles que se enquadram nos critérios básicos de dependência econômica/familiar. A legislação divide os dependentes em três classes, que são:

Classe 1

Na classe 1, enquadram-se cônjuges, companheiros e filhos não emancipados, de qualquer condição, que sejam menores de 21 anos ou inválidos, mediante declaração judicial.

É importante ressaltar que enteados e menores tutelados são equiparados a filhos, desde que o segurado do INSS faça uma declaração e que a dependência econômica seja comprovada através de documentação correta.

Já companheiros só podem se tornar beneficiários caso mantenham união estável com o segurado do INSS. Configuram-se como união estável uniões com convivência pública, contínua e duradoura e criada com a intenção de constituir família.

Os cônjuges divorciados só têm direito ao benefício caso sejam beneficiários de pensão alimentícia.

Classe 2

Na classe 2, estão os pais do beneficiário.

Classe 3

Por fim, na classe 3, enquadram-se os irmãos não emancipados, de qualquer condição, que sejam menores que 21 anos ou inválidos, também mediante declaração judicial.

Quais documentos são necessários para identificar os dependentes?

Para dependentes acima de 16 anos, são necessários um documento de identificação com foto e o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF). Já para os menores que não são titulares do benefício, a apresentação da documentação é opcional.

Conforme o caso, também pode ser necessário apresentar: certidão de casamento ou de nascimento, averbação de divórcio, certidão de óbito, certidão de tutela, declaração de não emancipação e comprovação de dependência econômica.

No caso de pais e irmãos, é necessário, ainda, comprovar que não existem dependentes enquadrados na classe 1. Enfim, a documentação pode variar conforme a classe do dependente.

Quais benefícios podem ser recebidos pelo dependente?

O dependente tem direito aos seguintes benefícios:

  • Pensão por morte
  • Auxílio reclusão
  • Serviço social
  • Reabilitação profissional

Quer continuar a aprender mais sobre os seus direitos enquanto beneficiário do INSS?

Conheça nosso blog

Os principais golpes contra idosos

Golpes contra idosos: conheça os 3 tipos mais comuns

A falta de habilidade com a tecnologia, a saúde frágil e a falta da proximidade da família transformam os idosos nas principais vítimas dos golpistas, que se aproveitam de suas carências para conseguir tomar seu patrimônio.

No ano de 2016, apenas em Minas Gerais, tiveram mais de 6,8 mil estelionatos – isso é, golpes fundamentados na enganação da vítima – cometidos contra esse grupo de pessoas. Já em São Paulo, 8,1 mil casos foram registrados.

Para prevenir esse tipo de crime, houve, também em 2016, uma alteração na legislação brasileira. Agora, existe uma punição diferenciada para o estelionato realizado contra pessoas idosas. Nesse tipo de golpe, a pena do criminoso é dobrada.

Mesmo com essa alteração na lei, é importante encontrar outros meios de se prevenir contra os estelionatários. Uma maneira de fazer isso é conhecendo quais são os principais golpes aplicados contra pessoas idosas. Neste artigo, apresentaremos 3 dos golpes mais comuns cometidos contra idosos.

Os 3 principais golpes aplicados contra idosos

1. Compra falsa

Um dos golpes mais comuns cometido contra idosos é o da compra falsa. Nesse modelo de estelionato, alguém liga para o idoso informando que uma compra foi realizada em seu cartão. A vítima não reconhece a compra e seus dados são solicitados para confirmação. De posse dessas informações, os golpistas utilizam os dados do idoso em benefício próprio.

Para evitar esse tipo de golpe, uma dica é fundamental: não fornecer informações por telefone. Ao receber uma ligação desse tipo, o melhor a fazer é procurar a sua agência.

2. Promessas de cura falsas

A venda de remédios e soluções milagrosas para doenças comuns na velhice, como artrite e hipertensão, também são comuns. Os falsos vendedores prometem que os remédios ou os objetos (mantas especiais, por exemplo) vão resolver as dores e os problemas decorrentes da saúde debilitada das vítimas e, após comprar o item, descobre-se que, na verdade, os produtos não funcionam.

3. Retenção de cartão no caixa eletrônico

Golpes também são constantemente aplicados contra idosos em bancos. O mais comum deles é o que os criminosos utilizam ferramentas para reter o cartão da vítima no caixa eletrônico e, depois, com o cartão já preso, oferecem-se para ajudar o idoso e, com isso, aproveitam-se da situação para solicitar os dados e a senha do cartão.

Golpistas também aproveitam-se de qualquer dificuldade que os idosos possam ter no uso de caixas eletrônicos, oferecendo-se para ajudar. Por isso, tome cuidado e confie apenas em funcionários da agência. Não aceite ajuda de estranhos.

Conclusão

Agora que você conhece os golpes mais comuns, fica mais fácil se prevenir, não é mesmo?

Para mais dicas sobre qualidade de vida na terceira idade, confira nossos outros artigos no blog.

Ir para blog

Descubra como conseguir a isenção de IPTU para idosos

Depois dos 60 anos de idade, é direito nosso ter alguns benefícios. Entre os mais conhecidos, estão a prioridade no atendimento em estabelecimentos, a gratuidade do transporte coletivo, vagas exclusivas em estacionamentos e a meia entrada em eventos, por exemplo. O que muitos não sabem é que a isenção de IPTU também é um direito para os maiores de 60 anos.

O Estatuto do Idoso (Lei Federal n. 10.741/2003) garante diversas isenções tributárias, como a do Imposto Territorial Urbano (IPTU).

No Artigo 2º,  está disposto que:

O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade.

Dessa forma, inúmeros benefícios têm sido concedidos aos idosos, desdobrados a partir dessa lei. A isenção de IPTU é um deles, que veio em decorrência da necessidade de facilitar e melhorar a vida dos idosos em relação à moradia, ajudando-os com a gratuidade desse imposto. Com o orçamento comprometido com remédios e despesas médicas, tão comuns nessa fase, essa isenção é, com certeza, uma grande ajuda para os idosos.

Como idosos podem conseguir a isenção de IPTU?

A isenção de IPTU varia de acordo com o município. Na maioria das cidades, a gratuidade vale para pessoas com idade acima de 60 anos, proprietárias de um só imóvel, aposentadas e com renda de até dois salários mínimos.

Para conseguir a isenção de IPTU, siga os seguintes passos:

  1. Tenha em mãos a prova documental da sua renda, que pode ser obtida da sua declaração de Imposto de Renda ou pelo espelho do seu carnê da Previdência Social.
  1. Procure a Prefeitura da sua cidade ou a Secretaria da Fazenda.
  1. Descubra quais documentos são exigidos para a isenção de IPTU.
  1. Faça a solicitação da isenção de IPTU.

O pedido de isenção deve ser renovado anualmente. Para o primeiro pedido, procure a Secretaria da Fazenda para o acompanhamento até a resposta final do órgão, isentando o imóvel do pagamento do IPTU.

É importante que você forneça todos os dados corretamente no momento em que preenche o formulário. Isso facilita a análise e o deferimento do pedido.

Sempre que tiver seus direitos desrespeitados, não deixe de procurar o Ministério Público e a Defensoria Pública.

Esperamos que essas informações tenham sido úteis para você reduzir suas despesas. Se as suas finanças estão te preocupando, você também tem como opção pedir um empréstimo consignado, que tem as taxas mais baixas do mercado.

Saiba mais sobre como funciona o empréstimo consignado e descubra todas suas vantagens.

Que tal fazer uma simulação e descobrir o valor que está liberado para você?

Inadimplência cresce entre idosos: saiba como se livrar das dívidas

Você tem alguma dívida a ser quitada? Se sim, saiba que você está entre os 62,2 milhões de brasileiros inadimplentes com contas em atraso e registrados nos cadastros de devedores.

 De acordo com Indicadores Econômicos do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de inadimplentes cresceu 3,54% no último mês de abril, em comparação com o mesmo mês do ano passado, o que configura a sétima alta consecutiva.

Como a inadimplência afeta os idosos?

O indicador revelou que, da população total de idosos de 65 a 84 anos, 31,94% estão inadimplentes, somando 5,2 milhões de pessoas com alguma conta em atraso e com o CPF restrito para contratar crédito ou fazer compras parceladas.

Mesmo aposentados, idosos continuam consumindo. O aumento da expectativa de vida tem contribuído para que os idosos se mantenham ativos enquanto consumidores. Muitos ainda permanecem por um tempo no mercado de trabalho, o que também colabora para a inadimplência elevada entre essa faixa etária.

Quais pendências mais cresceram entre os inadimplentes?

O tipo de pendência que mais cresceu em abril, com alta de 7,96%, foram as dívidas bancárias, que englobam faturas atrasadas de cartão de crédito, empréstimos não pagos, financiamentos em atraso, entre outros.

Em segundo lugar, aparecem as dívidas com empresas que prestam serviços de telefonia, TV por assinatura e internet, cuja alta foi de 6,81%. As pendências com crediário no comércio crescerem 6,11% no período, enquanto os atrasos com serviços básicos de água e luz, recuaram 3,06%.

Se você está entre esses inadimplentes, precisa buscar uma maneira eficiente de quitar suas dívidas e retomar o crédito no mercado. Para aposentados e pensionistas, a melhor opção é o empréstimo consignado.

Como o empréstimo consignado pode te ajudar a quitar dívidas?

Entre os principais motivos para você optar pelo empréstimo consignado para pagar suas dívidas é a baixa taxa de juros.

Se você optar por usar o cartão de crédito para pagar suas dívidas, a taxa de juros será em média,14% ao mês.

Se a sua opção for pagar com cheque especial, a taxa de juros será em média,12,5% ao mês.

Por outro lado, se a sua escolha for o empréstimo consignado, a taxa de juros será em média, apenas 2%.

Sendo assim, quitar suas dívidas por meio do empréstimo consignado pode ser realmente uma ótima saída, em vez de pagar com cartão de crédito ou cheque especial, que têm as taxas de juros mais altas do mercado.

Pegando um empréstimo consignado para quitar as dívidas, além de garantir uma taxa de juros muito menor, você passa a pagar uma única parcela mensal, o que facilita a sua organização.

Descubra outros importantes motivos para você optar pelo empréstimo consignado. 

Conheça a Prestho

5 dicas para melhorar a qualidade de vida após os 60

5 dicas para melhorar a qualidade de vida após os 60

Qualidade de vida é algo que todas as pessoas buscam. No caso dos idosos, então, nem se fala: envelhecer com qualidade de vida é um desejo comum a todos.

Por mais que isso pareça um desafio, não precisa ser. A terceira idade é o momento de aproveitar ao máximo o que a vida tem a oferecer. Afinal, é agora que você tem tempo e condições financeiras para isso!

Então, siga essas dicas e tenha uma excelente qualidade de vida na terceira idade:

1. Aproveite seu tempo livre

Depois de tanto tempo trabalhando, é hora de aproveitar sua aposentadoria para descansar. Isso não quer dizer que você tenha que ficar ocioso, mas sim que, finalmente, você tem tempo para se dedicar às atividades de que gosta.

Pintura, jardinagem, viagens, reforma de casa, trabalho voluntário. Agora você pode fazer o que sempre quis, mas que, por conta do trabalho ou dos filhos, não pôde fazer antes. Essas atividades, além de proporcionarem prazer, também impedem que você passe muito tempo à toa.

Tudo isso contribui para sua qualidade de vida, te deixando mais ativo e mais feliz.

2. Faça exercícios físicos

Parece clichê e é. Exercícios físicos são um ótimo caminho para melhorar a qualidade de vida! Durante a terceira idade, é preciso escolher exercícios adequados para sua saúde.

Caminhada, natação, hidroginástica, yoga, ciclismo… Não importa qual seja sua favorita, é importante escolher uma atividade e fazê-la pelo menos duas vezes durante a semana.

As atividades físicas fazem bem para a saúde e ajudam no controle do peso e da pressão arterial, na mobilidade e ainda melhoram a capacidade respiratória e cardiovascular!

3. Alimente-se bem

Com a idade, mudanças no metabolismo e nos hormônios tornam ainda mais necessário alimentar-se bem. Por isso, invista em uma alimentação equilibrada, variada e rica em vitaminas, fibras e nutrientes.

Também é importante diminuir a quantidade de sal na comida, diminuir a ingestão de doces e passar a beber, pelo menos, dois litros de água diariamente.

Esses hábitos vão fazer seu corpo funcionar melhor e te manter mais disposto e saudável.

4. Passe tempo com quem você gosta

Passar tempo junto de quem você gosta também é importante para melhorar sua qualidade de vida, trazer alegria e tranquilidade.

Aproveite sua aposentadoria para realizar viagens em família, passeios, visitas e recepções em sua casa. Convide amigos para realizar exercícios físicos ou outras atividades junto com você.

5. Organize sua vida financeira

A qualidade de vida não depende só de estar bem com o seu corpo, é preciso também estar com a cabeça tranquila. Por isso, ter uma vida financeira organizada é fundamental. A aposentadoria traz o benefício de ter uma renda previsível e a possibilidade de conseguir crédito consignado, por exemplo.

Essa segurança e a facilidade de realizar empréstimos te auxiliam a ter uma vida financeira mais estável, quitando dívidas e, ainda, a realizar os seus sonhos: como reformar a casa, viajar ou comprar um carro zero.
Não sabe o que é crédito consignado e não conhece o seu direito enquanto aposentado ou pensionista para obtê-lo? A Prestho te ajuda.

Conheça a Prestho?

Atenção! A Prestho não solicita depósito antecipado para empréstimo.
Em caso de dúvida, entre em contato.

O que é o Empréstimo Consignado?

O Empréstimo Consignado é a modalidade de crédito pessoal em que o valor das parcelas é descontado automática e mensalmente no contracheque ou no benefício do INSS.

Confira algumas vantagens:

  • É o empréstimo pessoal mais barato do Brasil: taxas de juros de no máximo 2,08% para INSS e 2,05% para Federal (ao mês).

  • Sem consulta ao SPC e Serasa;

  • Crédito fácil e sem burocracia: é possível contratar online com poucos cliques;

  • Parcelas fixas do início ao fim do contrato;

  • Prazos para pagamento de até 96 meses para Servidor Federal e 72 meses para Aposentado e Pensionista do INSS.

Quem pode contratar o Consignado na Prestho?

Servidores Públicos Federais (SIAPE), Aposentados e Pensionistas do INSS, que além do empréstimo também podem contratar o Cartão de Crédito Consignado mesmo negativados (o crédito é liberado sem consulta ao SPC ou SERASA).

O que é Cartão de Crédito Consignado?

Ele funciona como o cartão de crédito comum, porém com muito mais benefícios e com uma taxa até 5x vezes inferior aos demais cartões. Não tem taxa de anuidade, nem adesão. Pode ser usado para fazer compras no comércio à vista ou parceladas, saques em dinheiro e até mesmo pagar contas. É um cartão em que o valor mínimo da fatura é descontado automaticamente no contracheque ou no benefício do INSS.

© Copyright 2020 - Prestho - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade e Termos de Uso do Serviço

© Copyright 2020 - Prestho - Todos os direitos reservados

A plataforma www.prestho.com.br pertence à PRESTHO DIGITAL LTDA, CNPJ: 10.299.040/0001-30, com sede na Avenida Rondon Pacheco, 3338 CEP: 38408-404, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. Para entrar em contato, utilize o e-mail: contato@prestho.com.br.

A Prestho apenas intermedia as operações de consignado, entre os usuários e os bancos parceiros. A análise de crédito e a liberação do valor na conta do cliente é feita única e exclusivamente pelos bancos parceiros. A aprovação de créditos consignados descritos nesta plataforma está sujeita a margem consignada e averbação por parte o orgão pagador. As taxas de juros praticadas no empréstimo consignado e no cartão de crédito consignado são determinadas pelos bancos parceiros, conforme suas políticas e serão, sempre confirmadas e exibidas antes de qualquer contratação. A quantidade de parcelas para quitação do empréstimo no convenio INSS será sempre de 72 nas contratações feitas pela plataforma ou App.

Exemplo representativo utilizando as taxas máximas de contratação para aposentados e pensionistas do INSS: um empréstimo de R$ 1.000,00, parcelado em 72 meses, terá parcelas de R$ 28,57, com um valor final do contrato de R$ 2.057,04, tendo como dados adicionais para esse exemplo o IOF, com o valor de R$ 31,24, sem tarifa de cadastro, juros de 2,08% a.m. (28,0230% a.a.) e o CET, de 2,19% a.m. (30,13% a.a).

Utilize seu crédito de forma consciente e somente em caso de necessidade.

Os produtos oferecidos estão sujeitos a alterações utilizando taxas mais vantajosas para o cliente, a depender de fatores determinados pelos bancos parceiros.