Coloque suas dívidas em dia: veja as vantagens de um Empréstimo Consignado

Aposentados e pensionistas sempre enfrentam desafios para manter as contas em dia. É preciso fazer um bom planejamento financeiro e conhecer todas as alternativas para não cair numa cilada. Por isso, as vantagens de um empréstimo consignado são grandes atrativos para quem recebe o benefício do INSS.

Neste artigo, vamos explorar um pouco mais sobre planejamento financeiro, empréstimo consignado e como avaliar o melhor momento para você contratar um. Continue a leitura!

Aposentados e pensionistas precisam fazer planejamento financeiro

Na Prestho, sempre batemos bastante na tecla do planejamento financeiro. Esse item é essencial para garantir que você consiga honrar suas dívidas e planejar a realização dos seus sonhos, não é mesmo?

Não tem erro: é preciso anotar tim-tim por tim-tim todos os seus gastos, saber por quanto tempo se estende suas dívidas parceladas e qual é a sua média mensal com itens necessários, como alimentação, moradia, energia elétrica, transporte, entre outros.

Desta forma, fica mais fácil saber quanto você pode gastar no passeio de fim de semana. Ou, melhor ainda, como se planejar para a viagem dos seus sonhos ou a reforma da sua casa.

Ainda assim, sabemos que existem situações imprevisíveis e emergências que fogem do nosso controle. Para não ficar atolado em dívidas, é preciso conhecer as alternativas e saber definir qual a melhor para você.

Entenda porque o empréstimo consignado é a melhor opção para beneficiários do INSS

O empréstimo consignado é uma excelente alternativa de empréstimo pessoal, disponível apenas para algumas categorias, como por exemplo aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos.

São várias as vantagens do empréstimo consignado. Veja só:

Taxas mais baixas

As tarifas do empréstimo consignado são mais baixas que muitos outros modelos de empréstimo pessoal. Além disso, compensam muito mais do que os juros praticados por outros serviços financeiros.

Os juros do rotativo dos cartões de crédito convencionais podem chegar a 16%. Esse é um dos números apontados no relatório de dezembro de 2019 apresentado pelo Banco Central do Brasil (Bacen). Mesmo que haja alguma alteração, ainda são números muitos altos.
O cheque especial, por exemplo, também possui taxas elevadas. Podem chegar até 19%. O governo federal definiu o limite de 8% para 2020, mas permite cobrança de uma outra taxa mesmo quando o cliente não utiliza esse limite.

Ajuda a quitar dívidas mais altas

Justamente por contar com taxas mais baixas, o empréstimo consignado ajuda você a se livrar das contas mais altas.

Como muita gente ainda não faz uma pesquisa mais detalhada antes de contratar um crédito pessoal, pode cair nessas armadilhas.

Em vez de ficar preso nos juros do cheque especial, por exemplo, você quita essa conta e paga taxas beeeem menores.

Nada de tomar susto: você já sabe quanto irá pagar

Com o empréstimo consignado, não tem surpresa no pagamento das parcelas. O desconto é feito diretamente no benefício ou no seu contracheque. Você já sabe quanto irá pagar.

Além do empréstimo consignado contar com parcelas fixas até o final do contrato, o valor também não ultrapassa a Margem Consignável. Isso significa 35% do seu benefício ou salário – 30% para as parcelas e mais 5% disponível exclusivamente para utilizar com um cartão de crédito consignado.

Sabendo quanto do seu orçamento fica comprometido com parcelas do empréstimo consignado, fica mais fácil fazer o planejamento financeiro. 

Quer saber mais sobre Empréstimo Consignado? Fique por dentro da Prestho

O blog da Prestho tem sempre artigos com informações fresquinhas sobre empréstimo consignado, aposentadoria, estilo de vida, direitos dos idosos e muito mais.

Continue lendo o site e acompanhe as redes sociais da Prestho: Facebook e Instagram

Como aproveitar a aposentadoria sem aperto?

A aposentadoria é a fase para descansar e aproveitar ainda mais a vida. É o momento de rever as prioridades, reorganizar a rotina e se dedicar para as coisas que você gosta e te deixam bem.

Mas a gente sabe que também fica difícil conciliar a renda, realizar os sonhos e conseguir honrar com as dívidas. É preciso se equilibrar no meio de tudo isso para não ficar com dificuldades financeiras.

Até mesmo uma saidinha no final de semana pode acabar gerando uma conta que custa os olhos da cara.

Mas não precisa se preocupar: temos algumas dicas para você aproveitar a aposentadoria sem passar aperto. Veja só:

Mexa seu esqueleto com atividades ao ar livre

Frequentar uma academia é uma excelente alternativa para fazer atividades físicas e cuidar da sua saúde. Só que a mensalidade pode pesar no seu orçamento e talvez você precise sair para não comprometer outras contas.

Mas não precisa ficar borocoxô: existem várias alternativas para você continuar mexendo o esqueleto. Muitas cidades possuem academias ao ar livre em praças e parques. Dê uma olhada para encontrar uma perto de você!

Além disso, existem programas municipais para incentivar uma vida mais ativa na terceira idade. Esse, inclusive, é o nome do programa promovido pela Prefeitura de São Paulo (VidAtiva). A Universidade de São Paulo (USP) também tem o projeto Universidade Aberta para a Terceira Idade, com atividades de alongamento, caminhada, corrida, técnicas de meditação e ioga.

Outro exemplo vem de Uberlândia, em Minas Gerais. A cidade do Triângulo Mineiro também é reconhecida como referência de políticas públicas para a população idosa. A prefeitura da cidade conta com o Lar do Idoso, que oferece espaços de lazer e de prática de exercícios. É comum encontrar aulas de danças e até acompanhar os desfiles de misses e misters da terceira idade.

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) também realiza o projeto AFRID, com atividades físicas e recreativas para idosos. Estudantes e alunos acompanham e auxiliam os mais velhos na prática regular de exercícios. 

Viu só? Existem diversos exemplos bacanas por todo o Brasil. Procure a prefeitura da sua cidade para saber quais são os projetos disponíveis para idosos e se informar com eles funcionam.

Mergulhe no universo da leitura

A leitura é uma atividade muito enriquecedora. Além de aproveitar o tempo que você passa sozinho, ao ler você aprende coisas novas, melhora seu vocabulário e amplia seus horizontes.

Existem livros de todos os preços nas livrarias. Mas se você gosta de devorar muitos deles por mês ou está aproveitando a aposentadoria para ter um ritmo mais rápido de leitura, o preço vai ficar salgado para o seu orçamento.

Você não precisa investir o seu dinheirinho suado de uma vida inteira só para armazenar calhamaços.

Aproveite as bibliotecas públicas da sua cidade para manter sua frequência de leitura, sem precisar gastar a mais por isso.

Você sempre encontra clássicos e também sucessos atuais. Peça por indicações! Temos certeza de que a bibliotecária ou o bibliotecário pode te dar excelentes dicas. 

Visite parques

Parques são uma excelente opção de lazer para toda a família. Muitos deles têm entrada gratuita ou desconto para idosos. São ótimos locais para praticar exercícios e estar em contato com a natureza mesmo no meio das grandes cidades.

Em Belo Horizonte, por exemplo, existem diversos locais em que a entrada é gratuita, como a Lagoa da Pampulha, o Parque das Mangabeiras e a Fundação Zoo-botânica de BH.

Aproveite e leve o seu próprio lanchinho, assim você não precisa comprar em lanchonetes e quiosques, economiza seu dinheirinho e ainda garante uma alimentação mais saudável, não é mesmo?

Procure os parques da sua cidade e região e já marque um passeio! Vá com seus amigos, filhos e netos.

Conheça museus

Conhecer os registros da história (e até do futuro) é uma experiência enriquecedora. Muitos museus espalhados pelo país apresentam obras de arte, registros históricos, história de personalidades, grandes instalações abertas, entre tantos outros objetos interessantes.

E isso não é atividade só de turista não, viu? Nem coisa do tempo da carochinha. 

Rio de Janeiro, por exemplo, é uma cidade histórica e conta com diversos museus. Muitos deles são gratuitos e, mesmo nos que cobram ingresso, idosos pagam a meia-entrada. Você encontra o Museu do Amanhã, o Palácio do Catete, o Museu de Arte Moderna, entre tantos outros.

Em Petrópolis, outra cidade fluminense, você pode conhecer a Casa de Santos Dumont, dedicada à vida do inventor. Já em Curitiba, no estado Paraná, temos o Museu Oscar Niemeyer sobre a obra do arquiteto. 

Você também gosta de conhecer mais sobre grandes personalidades? Procure os museus da sua cidade e região. Fale com a Secretaria de Cultura da sua prefeitura para encontrar dicas.

Visitar museus é uma excelente maneira de enriquecer nosso conhecimento de mundo. Por isso, não se esqueça de colocar no seu roteiro de atividades!

Procure por eventos culturais gratuitos

E não para por aí: sempre existem eventos para aproveitar de graça. É bom para ouvir uma boa música ao lado do seu broto, acompanhar uma peça de teatro com seus netinhos, participar de festas típicas ao ar livre…

Fique de olho nas divulgações de jornal local, TV e internet para saber de qualquer novidade. É sempre hora de aproveitar a vida, não é mesmo?

Continue acompanhando o blog da Prestho

Outra dica que temos para você é continuar acompanhando este blog! Por aqui, estamos sempre compartilhando várias dicas sobre aposentadoria, planejamento financeiro, estilo de vida, direitos do idoso e muito mais.

Volte sempre para ler o blog da Prestho. Será um prazer ter você nos acompanhando!

Dificuldades financeiras: 10 dicas para complementar sua renda

Nós sabemos que viver apenas com a grana da aposentadoria pode não ser o suficiente para pagar as contas e realizar os seus sonhos.

Uma pesquisa do Ministério da Economia, divulgada em maio de 2019, mostra que existem 650 mil pessoas com mais de 65 anos que continuam com carteira de trabalho assinada. Os idosos que também procuram exercer alguma outra atividade chegam a 40,7%. Você também está nessa realidade? 

Nem sempre dá pra tirar as dívidas de letra, por isso pode acontecer das contas se acumularem. Para não cair numa cilada, você precisa parar um instantinho pra conseguir organizar tudo de novo.

Veja dois importantes aspectos que você precisa avaliar antes de mergulhar de cabeça na escolha da sua atividade extra: 

Considere todas as suas experiências e habilidades

Para colocar a mão na massa, pense em tudo o que você sabe fazer e também no que tem experiência. Assim, você já tem uma noção do que vai ser mamão com açúcar ou se será preciso se atualizar para melhorar o seu desempenho.

Também considere o que você mais gosta de fazer para que seja prazeroso realizar essa atividade.

Veja quanto tempo você tem disponível para se dedicar a uma renda extra

Leve em conta quanto tempo do seu dia você quer ou pode se dedicar a uma atividade para complementar a sua renda.

A aposentadoria, em tese, é o seu momento de descansar depois de uma vida inteira de labuta. No entanto, muitas pessoas precisam recorrer a outros serviços para completar o seu ganha-pão.

Concilie a sua rotina! Veja quanto tempo você gasta com os cuidados com a casa, com as suas atividades físicas, com seus filhos e seus netos…

Liste quais são suas prioridades e defina quanto tempo você irá dedicar para complementar a sua renda.

10 dicas de renda extra para aposentados

Depois de definir o que você sabe (e quer) fazer e, também, quanto tempo vai se dedicar para essa atividade extra, está na hora de colocar a mão na massa. 

Afinal, todo esse esforço deve ser em função de realizar os seus sonhos.
Quer uma ajuda para estimular sua criatividade? Para facilitar sua missão, listamos 10 dicas para você conseguir complementar a sua renda e não se deixar atolar em dívidas. Confira:

1. Que tal dar aulas?


Você tem uma vida inteira de experiências e conhecimento. Dar aulas pode ser uma excelente alternativa para conseguir uma grana a mais e ter reconhecimento.

Se você possui diploma ou algo que te capacite para dar aulas em escolas, cursinhos ou outras instituições de ensino, procure diretamente esses locais para saber de vagas.

Dê suas aulas também de forma autônoma. Pode ser aula de violão, jardinagem ou outras coisas além de disciplinas tradicionais. Anuncie sua especialidade! Ensine na sua própria casa ou vá até o local do estudante. Fala se não é uma excelente oportunidade?

2. Faça artesanato


Gosta de trabalhos manuais? Fazer artesanatos é uma habilidade que agrada muita gente e ainda dá pra ganhar uma graninha extra. 

O que você sabe ou gostaria de fazer? Velas aromatizantes, crochê, corte e costura, peças de cerâmica, itens com materiais recicláveis… Você pode vender em feiras da cidade ou na sua casa mesmo e anunciar pela internet. 

Mesmo que você não saiba muito bem como fazer, é fácil de aprender com tutoriais e vídeos online. Que tal começar agora mesmo?

3. Cozinhe para fora


Fazer quitutes e salgadinhos é a sua especialidade? Todo mundo da família adora os pratos que você faz? Coloque esse talento para render dinheiro também!

Conquiste seus clientes pela barriga. Faça doces, salgadinhos, bolos, tortas, refeições fit… Você também pode cobrar um valor para fazer uma refeição completa, como galinhada, feijoada ou churrasco. Hmm, deu até fome!

4. Cuide de bichinhos


Que tal levar os cachorros do vizinho para passear? Ou ficar com os bichinhos quando o dono sair de férias? Trabalhos como estes estão ganhando espaço.

Muita gente não tem tempo para dar uma volta com seu bichinho todo dia. E, em caso de viagem, hospedá-lo num hotelzinho pode ficar caro e deixar o animal estressado num ambiente fora da sua vizinhança.

Por isso, ofereça o seu serviço de cuidados com os animaizinhos na sua região!

5. Torne-se vovô ou vovó de aluguel


Já ouviu falar em vovô ou vovó de aluguel? Essa atividade está ganhando muito espaço no mercado também.

Assim como existe o marido de aluguel – que faz pequenos reparos em casa, com serviços elétricos e similares –, vovôs e vovós de aluguel passam um período curto de tempo cuidando de crianças pequenas, por exemplo.

Essa função também é muito requisitada para dicas e conselhos, tanto sobre carreira como pessoalmente também. Até orientações para mães e pais de primeira viagem também são solicitadas.

Gosta de fazer esse papel? Aproveite para ganhar uma graninha e desafogar o seu orçamento.

6. Dirija por apps como Uber, 99 e outros


Você tem carteira e seu próprio carro? Você pode trabalhar como motorista!

Hoje em dia, existem muitos aplicativos de celular para chamar corridas. Funciona do mesmo jeito que táxi, só que muito mais rápido, pois tudo é feito por celular. 

Gosta de dirigir e quer aproveitar para tirar uma grana extra? Faça o seu cadastro de motorista em aplicativos como Uber, 99 e outros.

7. Venda objetos que você não usa mais


Todo mundo tem em casa alguns objetos que não usa mais. Está na hora de dar um novo destino para esses itens e ainda ganhar um dinheirinho com isso.

Faça um limpa e separe móveis, livros, discos, CDs, VHS, DVDs, roupas e outros objetos que você pode se desfazer. Coloque uma placa na porta de casa, anuncie na internet ou venda diretamente para alguma loja de itens usados.

8. Aventure-se na internet como um digital influencer


Fazer da internet o seu ganha-pão não é algo que você consiga da noite para o dia. Mas é possível utilizar essa ferramenta para compartilhar as suas experiências.

Já pensou em criar um canal no YouTube? Ou ter um perfil bombado no Instagram? A terceira idade também tem voz e vez! Mostre o que você sabe e encante as pessoas com a sua personalidade

Com o tempo, você pode passar a receber os famosos mimos e até fechar parcerias com empresas de diversas áreas. Não custa sonhar, não é mesmo?

9. Retorne de vez ao mercado de trabalho


Muitas vezes, um bico pode não ser suficiente. Já pensou em voltar de vez para o mercado de trabalho. Mesmo aposentado, você ainda pode voltar a trabalhar de carteira assinada.

Além disso, você tem uma vida inteira de experiência. Muitas empresas já estão olhando para pessoas mais velhas e abrindo outras oportunidades para este público.

10. Já pensou em começar um novo negócio?


Empreender não tem idade. Abrir um novo negócio é um trabalho árduo e exige muito tempo de dedicação. No entanto, pode dar mais independência financeira.

É preciso ter planejamento e muita clareza do que quer colocar em prática, não é mesmo? Você pode desenvolver uma ideia do zero ou aderir a uma franquia. Pesquise bastante e saiba que empreender não é um mero bico.

Continue acompanhando nossas dicas!

Gostou dessas dicas que separamos para você? Continue acompanhando o blog da Prestho!

Mesmo conseguindo uma graninha extra, pode ser que você precise de uma ajuda para colocar suas dívidas em dia. Entenda um pouco mais sobre o empréstimo consignado!

Estamos sempre postando novos conteúdos sobre planejamento financeiro, estilo de vida, direitos dos idosos e muito mais.

Salário mínimo 2020: veja como será o reajuste para aposentados e pensionistas do INSS

Chega o início de ano e é hora de ver qual é o aumento do salário mínimo. Afinal, esse valor influencia no reajuste dos benefícios para aposentados e pensionistas, não é mesmo?

É muito importante saber quanto de grana a gente vai ter a mais. Assim, fica mais fácil de fazer planos: pagar as dívidas, fazer um pé-de-meia, planejar uma viagem, comprar um celular novo, entre tantos outros objetivos.

Veja só como ficaram os novos valores!

Novo salário mínimo para 2020

O novo salário mínimo é de R$ 1.045,00. Este novo valor foi fixado em 14 de janeiro. Esse valor começa a valer a partir de fevereiro. Assim, que iniciou o ano, o valor divulgado foi de R$ 1.039,00. Até o fim de 2019, o salário foi de R$ 998,00. Mesmo com o aumento acumulado de R$ 46,00, isso não significa que houve um ganho real.


Esse novo valor apenas inclui a correção pela inflação prevista para 2020, de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). O planejamento inicial que o Ministério da Economia fez na proposta orçamentária for de R$ 1.031,00. O aumento inicial de R$ 8,00 além do previsto (e agora de R$ 14,00) além do previsto foi puxado pela recente alta no preço da carne bovina, o que empurrou a inflação.

Reajuste do INSS

Com a mudança do salário mínimo, o piso do INSS passa a seguir o mesmo valor de R$ 1.039,00, com reajuste de 3,31%, apenas para inflação e sem ganho real.

Em 2019, o teto do INSS foi de R$ 5.839,45. Já para este ano, com a aprovação do orçamento, agora o valor será ajustado para R$ 6.032,73.

Esses novos valores influenciam também abrem novas possibilidades, como uma nova margem para fazer empréstimos consignados com juros baixos

Calendário de pagamento do benefício

Quer saber quais são as datas para receber o seu benefício durante 2020? O INSS já liberou o calendário de pagamentos! São cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas já podem checar as datas de depósito dos benefícios. 

Quem recebe até um salário mínimo, começa a receber o benefício do mês do exercício um pouco antes. Já quem tem a renda mensal acima do piso, os pagamentos começam a ser feitos depois. 

A orientação do INSS é que os segurados fiquem atentos: a data de depósito dos proventos depende do número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço.

Confira o calendário de pagamento do INSS:

Continue acompanhando nosso blog!

Quer ficar em dia com as notícias sobre os benefícios do INSS? Também gosta de dicas e aprender mais sobre o mundo digital? Continue lendo o blog da Prestho! Estamos sempre atualizando com informações fresquinhas para você.

Entenda o que é a Prova de Vida do INSS

Entenda o que é a Prova de Vida do INSS e saiba como fazer

Para ter mais controle sobre a quantidade de beneficiários e evitar potenciais fraudes, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) faz todos os anos a Prova de Vida de aposentados e pensionistas. Não fique boiando: vem com a gente que vamos explicar direitinho como funciona esse procedimento.

O que é a Prova de Vida?

Somente nos primeiros seis meses de 2019, o INSS encerrou o pagamentos dos benefícios de mais de 170 mil segurados por indícios de irregularidades. Muita gente, né? O governo federal calcula que, somente com esta ação, vai economizar por volta de R$ 2,1 bilhões em um ano.

O pagamento após a morte do segurado é uma das irregularidades que aparecem com mais frequência entre esses benefícios encerrados. Por isto a Prova de Vida é tão importante.

Desde 2012, esse procedimento é feito pelo INSS para comprovar a vida dos segurados e, assim, manter o benefício ativo. Como é obrigatório, todos os aposentados e pensionistas devem fazer esse processo uma vez por ano. Então fique atento e vem com a gente que vamos te mostrar como garantir seu benefício.

Como fazer a Prova de Vida?

Tudo começa pela rede bancária. É ela que informa em qual data os segurados devem comparecer na agência onde recebem o benefício. Para realizar a Prova de Vida, além de estar presente em pessoa, é preciso levar um documento de identificação com foto, como:

  • Registro Geral (RG),
  • Carteira de Trabalho,
  • ou Carteira de Habilitação.

Anotou? Caso você tenha mais de 60 anos, é possível agendar o atendimento através do telefone 135. Já para quem tem mais de 80 anos ou possui dificuldade de locomoção, é só solicitar que um servidor do INSS compareça na sua casa para validar a Prova de Vida.

O que acontece se você não puder comparecer ao banco?

Se o beneficiário do INSS não puder ir até a agência bancária, por motivo de doença ou por dificuldades de locomoção, pode pedir para que a Prova de Vida seja feita por um procurador que já esteja cadastrado.

O processo para quem está fora do país

Para quem está nos estrangeiros, as regras são parecidas: também é possível fazer a Prova de Vida com um procurador registrado no INSS. Também é possível emitir um documento no consulado do país. Você pode conferir mais regras no site do INSS.

Como fazer a Prova de Vida? Ir pessoalmente ao banco, contar com um procurador que já esteja cadastrado no INSS e solicitar a visita de um servidor do INSS (para quem tem mais de 80 anos ou dificuldade de locomoção)

O que acontece caso você não faça a Prova de Vida

Para quem marcar bobeira e não fizer a Prova de Vida novamente, em até 12 meses depois da última vez que fez esse procedimento, o pagamento será interrompido.

Para não ficar sem sua grana, o segurado ou um representante legal pode fazer a Prova de Vida e assim voltar a receber o pagamento. Mas é preciso ficar atento: se o beneficiário ficar seis meses sem correr atrás, a aposentadoria ou a pensão é encerrada de vez!

Por isso, para não ficar sem um tostão furado do seu benefício, fique de olho e sebo nas canelas assim que o banco divulgar as datas para fazer a Prova de Vida. 

Já ouviu falar que vai ter a Prova de Vida Remota?

O INSS ainda não está trabalhando com a Prova de Vida Remota. Alguns bancos já permitem realizar o procedimento no caixa eletrônico, usando a leitura biométrica. Mas isso ainda está longe de ser comum para todos os beneficiários.

Mas o governo federal já está estudando uma forma de deixar a Prova de Vida mais fácil. A ideia é usar o celular para fazer a identificação por digital (a biometria) ou através de uma foto – a famosa selfie (para fazer o reconhecimento facial).

Quem sabe essa novidade não chega logo logo? Vai facilitar demais a vida, além de poupar tempo dos beneficiários e liberar os servidores para outras atividades.

Vetores ilustrativos de biometria e reconhecimento facial.

Garantindo seu benefício do INSS

Com o seu benefício de aposentadoria ou pensão garantido, você consegue aproveitar diversas outras vantagens, além de poder contar com o seu dim-dim todo mês.

Quer uma dica? Final e início de ano é uma ótima época para tirar as suas férias – ou planejar a próxima. Que tal aproveitar seu benefício para planejar a sua próxima viagem? Preparamos algumas dicas para você aproveitar melhor o seu descanso e encontrar a melhor forma de pagar, sem ficar com nenhuma neura. Clique aqui para conferir!

Empréstimo Consignado é com a Prestho.

Saiba tudo sobre como funciona o empréstimo consignado na Prestho e seus principais diferenciais.


Fim de ano chegando e é aquela mesma história: correria pra poder organizar tudo antes de curtir as festas em família. Seja separando um dinheiro para fazer uma viagem de férias ou garantindo um fôlego para pagar as contas pendentes. Neste artigo vamos explicar todas as vantagens de contratar o seu Empréstimo Consignado com a Prestho, sem sair de casa, e contar as novidades que a fintech preparou para você começar 2020 com o pé direito.

Vantagens do Empréstimo Consignado na Prestho

A Prestho é especialista em Empréstimo Consignado para Servidores Federais, Aposentados e Pensionistas do INSS e oferece todo o processo de contratação de forma descomplicada. Essa modalidade de crédito pessoal tem o valor das parcelas descontado direta e mensalmente no contracheque ou no benefício de quem está contratando e por isso possui taxas bem menores que as dos créditos tradicionais. Vale a pena mesmo! 

Olha as vantagens:

Quem pode contratar o Empréstimo Consignado na Prestho?

  • Servidores Públicos Federais (SIAPE)
  • Aposentados e Pensionistas do INSS

Cartão de Crédito Consignado

Na prática funciona como um cartão de crédito normal, a diferença é que tem mais benefícios e taxas até 5x menores que as dos outros cartões. Além de não possuir taxa de anuidade e nem adesão para o titular. É possível fazer saques em dinheiro, compras à vista e parceladas no Brasil ou no exterior. Partiu?!

5 motivos para adquirir o seu empréstimo consignado na Prestho

Empréstimo Consignado para Servidor federal, Aposentados e Pensionistas do INSS é com a Prestho. Veja abaixo 5 motivos pra lá de bons para contratar o seu crédito agora mesmo! Que tal?

Taxas beeem menores. Uhuuuuu!

A modalidade de empréstimo consignado possui os juros mais baixos do mercado pois a dívida é descontada diretamente do benefício ou do salário. Essa é uma segurança para os bancos, pois eles tem a garantia de receber o valor emprestado. Fica bom para os dois lados, né?

É 100% digital!

Da simulação à contratação, a Prestho não abre mão de facilitar a sua vida. Todo o processo de empréstimo consignado é feito de forma totalmente digital e simplificada. É possível fazer a simulação a qualquer hora e quantas vezes quiser, através de um celular ou computador com acesso a internet. É supimpa ou não é?

E por falar em simulação, que tal já fazer a sua? Não perde tempo, não!

Simular crédito agora

Cartão de Crédito Consignado? Negativados também podem!

Contratando o Empréstimo Consignado a pessoa pode garantir o seu Cartão de Crédito Consignado. A maior vantagem é que ele pode ser feito por negativados também, sabe por que?

Porque como já falamos aqui, os bancos tem a garantia de que o desconto das parcelas serão feitas de forma automática em seu pagamento. 

Fôlego e prazo para pagar

Até 72 meses para fazer o pagamento ou 96 meses no caso de servidores do Siape. É supimpa naqueles momentos de aperto em que você precisa de um fôlego extra para organizar as contas. Bom demais, não é mesmo?!

Prático, seguro e rápido 

Totalmente online, a Prestho garante um processo seguro, você nem precisa sair do conforto da sua casa e muito menos enfrentar filas em pé. Você só precisa ter um celular ou computador com acesso à internet em mãos para contratar. Além de ser fácil e sem burocracia, você recebe o crédito direto em sua conta. 

Precisando de empréstimo urgente? Conte com a Prestho!

Além da contratação ser totalmente simplificada, o dinheiro do Empréstimo Consignado na Prestho é mais rápido porque você não fica limitado a horário comercial ou bancário. Pode ser contratado a qualquer hora de qualquer lugar.

Se você está precisando de empréstimo consignado urgente, acesse nossa plataforma e faça a simulação gratuita!

Se liga no passo a passo!

Vem com a gente e saiba como calcular seu Empréstimo Consignado na Prestho:

1 – Simule aqui

2 – Escolha o valor que você quer contratar

3 – Para sua segurança e pra fazer a validação do contrato, envie fotos dos seus documentos + uma selfie

4 – Cadastre na área do cliente para acompanhar cada etapa de análise e aprovação da proposta, e passe a receber notificações a cada mudança de status

5 – Aí, depois da aprovação, aguarde o dinheiro cair na sua conta (uhul!)

Vem saber porque o Empréstimo Consignado na Prestho é a melhor opção.

A Prestho não para de evoluir. Além de todas as vantagens que citamos aqui, a plataforma de crédito consignado para Servidores Federais, Aposentados e Pensionistas do INSS está de cara nova e com muitas novidades para quem já pensa em contratar seu Empréstimo Consignado na Prestho.

A fintech nasceu com o objetivo de mudar a vida das pessoas e por isso investe cada vez mais em soluções que facilitam o acesso ao crédito consignado.

Agora, a nova plataforma que já está no ar, conta com um Zap Zap exclusivo para você falar sempre que precisar e a com uma área exclusiva para acompanhar suas operações de crédito feitas com a Prestho.

Além de tudo, a Prestho está desenvolvendo um aplicativo específico, feito para facilitar a rotina dos sêniores digitais, que será lançado ainda em 2019. 

Imagina nunca mais ter que se deslocar para simular e contratar um empréstimo? Incrível, não é mesmo?! Queremos transformar sua vida e ajudar a ter mais tempo para as coisas que realmente importam, como a sua família!

Sem burocracias, sem filas, sem palavras difíceis, sem papelada. Melhorar as soluções para transformar a vida das pessoas é a nova fase da empresa e esse é o lema que define quem é a Prestho: evoluir para surpreender cada vez mais. De forma totalmente digital e simplificada, a fintech se reinventa a cada ano para facilitar e mudar a vida dos seus clientes. 

Clique aqui para conhecer a nova Prestho e aproveite agora para fazer a sua simulação de empréstimo consignado.

Entenda tudo sobre a portabilidade de Empréstimo Consignado

A Portabilidade de Empréstimo Consignado é bem simples. Fez um Empréstimo Consignado em uma instituição financeira, mas quer ir para outra? Você pode!

Desde dezembro de 2013 a portabilidade está regulamentada pelo Banco Central e é um direito de todos os servidores federais, Aposentados e Pensionistas do INSS que têm uma operação de empréstimo consignado ativa.

Para te ajudar a entender tudo, tim-tim por tim-tim, preparamos um vídeo bem completo e este artigo com todas as informações de que você vai precisar. Vem com a gente!

Dê o play. Com certeza você vai gostar deste vídeo.

O que é Portabilidade de Empréstimo Consignado?

A Portabilidade de Empréstimo Consignado é fichinha. É o simples fato de passar seu empréstimo de uma instituição financeira para outra que você escolher. É parecida com a portabilidade que você faz no seu celular para trocar de operadora, sabe? Bem assim.

Geralmente acontece quando a pessoa encontra condições mais atrativas em outra instituição, como taxas de juros melhores, ou quando não está satisfeita com o relacionamento na instituição atual.

Regras da portabilidade

A portabilidade tem algumas regrinhas. Fique atento para dar tudo certo.

Valor e prazo

A nova operação de crédito não pode ter o valor e o prazo alterados. Eles não podem ser, de forma alguma, maiores que os do contrato original.

O que pode mudar são as condições da taxa e o valor da parcela, que o cliente deve negociar com a nova instituição. Lembrando que a taxa de juros nunca pode ser mais alta que a original, pois a maior vantagem desse tipo de negociação é justamente o benefício de uma taxa menor no empréstimo

Margem

Para fazer uma portabilidade não é necessário ter margem consignada. No entanto, a margem não pode estar negativa. É importante que a parcela do empréstimo que deseja portar esteja descontada no seu benefício ou salário. 

Pagamento

O contrato deve ser descontado no benefício do Pensionista ou Aposentado do INSS e, no caso do servidor federal, descontado direto em seu pagamento.

Além disso, nenhuma taxa pode ser cobrada para essa portabilidade. Fique atento, é TAXA ZERO mesmo! 

Como funciona o processo?

O processo de portabilidade é um pouco diferente do processo de um novo empréstimo, por isso tem um prazo maior de conclusão. Para ter mais benefícios, vale a pena esperar, não é mesmo? Afinal, o que perderá reduzindo a taxa de juro?

No caso da operação para Aposentados e Pensionistas do INSS, o processo leva em média 20 dias e se divide em 4 etapas: Contratação, Processamento na Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP), Averbação no INSS e Efetivação. Confira como funciona cada uma:

1 – Contratação

O primeiro passo é escolher para qual instituição financeira você quer levar seu empréstimo e fechar o contrato da portabilidade. No item abaixo “Como solicitar a portabilidade de Empréstimo Consignado?” explicamos como isso é feito.

2 – Processamento na CIP

Fechado o contrato, ele vai para processamento na Câmara Interbancária de Pagamentos. A CIP é a associação responsável por intermediar a transferência de dívida de um banco para outro. 

É importante dizer que o responsável por pagar sua dívida com o banco anterior é a nova instituição financeira. Você não vai precisar pagar nada por isso, pode ficar tranquilo. Seu compromisso passa ser apenas com a nova instituição. 

Atenção! A quitação do saldo devedor deve ser feita exclusivamente através da CIP. Fazê-la por fora é ilegal! Se alguém te oferecer, desconfie. 

3 – Averbação no INSS

Dívida quitada? Agora é a hora do banco anterior fazer a exclusão da parcela junto ao INSS. Esse procedimento é importante para que o banco de destino possa averbar essa parcela, gerando um novo número de contrato.

4 – Efetivação

Contratação efetivada! Agora sua dívida já está com o novo banco e você já começa a gerar relacionamento com ele. Se mais pra frente você optar por fazer um refinanciamento com esta instituição, você pode. Só lembre-se de que cada banco tem regras de financiamento específicas e diferentes. É preciso se encaixar nas regras do banco que você escolher.

Portabilidade Digital

Para facilitar ainda mais a portabilidade do Empréstimo Consignado, é possível  fazer esse processo de forma digital ou, como alguns chamam, operação com aceite eletrônico. Você mesmo consegue fazer tudo online e sem sair de casa. 

Alguns cliques e você já está em outra instituição, pagando taxas melhores e economizando no final das contas.

Clique e confira também a cartilha produzida pelo Banco Central sobre portabilidade.

Gostou? Esperamos que a dica tenha sido útil e tenha contribuído para facilitar sua vida. Sempre que precisar, conte com a Prestho!

Acesse nosso blog e nossas redes sociais e fique por dentro de dicas e conteúdos que produzimos especialmente para você.