Artigos e dicas para viver a melhor idade

Dificuldades financeiras: 10 dicas para complementar sua renda

Nós sabemos que viver apenas com a grana da aposentadoria pode não ser o suficiente para pagar as contas e realizar os seus sonhos.

Uma pesquisa do Ministério da Economia, divulgada em maio de 2019, mostra que existem 650 mil pessoas com mais de 65 anos que continuam com carteira de trabalho assinada. Os idosos que também procuram exercer alguma outra atividade chegam a 40,7%. Você também está nessa realidade? 

Nem sempre dá pra tirar as dívidas de letra, por isso pode acontecer das contas se acumularem. Para não cair numa cilada, você precisa parar um instantinho pra conseguir organizar tudo de novo.

Veja dois importantes aspectos que você precisa avaliar antes de mergulhar de cabeça na escolha da sua atividade extra: 

Considere todas as suas experiências e habilidades

Para colocar a mão na massa, pense em tudo o que você sabe fazer e também no que tem experiência. Assim, você já tem uma noção do que vai ser mamão com açúcar ou se será preciso se atualizar para melhorar o seu desempenho.

Também considere o que você mais gosta de fazer para que seja prazeroso realizar essa atividade.

Veja quanto tempo você tem disponível para se dedicar a uma renda extra

Leve em conta quanto tempo do seu dia você quer ou pode se dedicar a uma atividade para complementar a sua renda.

A aposentadoria, em tese, é o seu momento de descansar depois de uma vida inteira de labuta. No entanto, muitas pessoas precisam recorrer a outros serviços para completar o seu ganha-pão.

Concilie a sua rotina! Veja quanto tempo você gasta com os cuidados com a casa, com as suas atividades físicas, com seus filhos e seus netos…

Liste quais são suas prioridades e defina quanto tempo você irá dedicar para complementar a sua renda.

10 dicas de renda extra para aposentados

Depois de definir o que você sabe (e quer) fazer e, também, quanto tempo vai se dedicar para essa atividade extra, está na hora de colocar a mão na massa. 

Afinal, todo esse esforço deve ser em função de realizar os seus sonhos.
Quer uma ajuda para estimular sua criatividade? Para facilitar sua missão, listamos 10 dicas para você conseguir complementar a sua renda e não se deixar atolar em dívidas. Confira:

1. Que tal dar aulas?


Você tem uma vida inteira de experiências e conhecimento. Dar aulas pode ser uma excelente alternativa para conseguir uma grana a mais e ter reconhecimento.

Se você possui diploma ou algo que te capacite para dar aulas em escolas, cursinhos ou outras instituições de ensino, procure diretamente esses locais para saber de vagas.

Dê suas aulas também de forma autônoma. Pode ser aula de violão, jardinagem ou outras coisas além de disciplinas tradicionais. Anuncie sua especialidade! Ensine na sua própria casa ou vá até o local do estudante. Fala se não é uma excelente oportunidade?

2. Faça artesanato


Gosta de trabalhos manuais? Fazer artesanatos é uma habilidade que agrada muita gente e ainda dá pra ganhar uma graninha extra. 

O que você sabe ou gostaria de fazer? Velas aromatizantes, crochê, corte e costura, peças de cerâmica, itens com materiais recicláveis… Você pode vender em feiras da cidade ou na sua casa mesmo e anunciar pela internet. 

Mesmo que você não saiba muito bem como fazer, é fácil de aprender com tutoriais e vídeos online. Que tal começar agora mesmo?

3. Cozinhe para fora


Fazer quitutes e salgadinhos é a sua especialidade? Todo mundo da família adora os pratos que você faz? Coloque esse talento para render dinheiro também!

Conquiste seus clientes pela barriga. Faça doces, salgadinhos, bolos, tortas, refeições fit… Você também pode cobrar um valor para fazer uma refeição completa, como galinhada, feijoada ou churrasco. Hmm, deu até fome!

4. Cuide de bichinhos


Que tal levar os cachorros do vizinho para passear? Ou ficar com os bichinhos quando o dono sair de férias? Trabalhos como estes estão ganhando espaço.

Muita gente não tem tempo para dar uma volta com seu bichinho todo dia. E, em caso de viagem, hospedá-lo num hotelzinho pode ficar caro e deixar o animal estressado num ambiente fora da sua vizinhança.

Por isso, ofereça o seu serviço de cuidados com os animaizinhos na sua região!

5. Torne-se vovô ou vovó de aluguel


Já ouviu falar em vovô ou vovó de aluguel? Essa atividade está ganhando muito espaço no mercado também.

Assim como existe o marido de aluguel – que faz pequenos reparos em casa, com serviços elétricos e similares –, vovôs e vovós de aluguel passam um período curto de tempo cuidando de crianças pequenas, por exemplo.

Essa função também é muito requisitada para dicas e conselhos, tanto sobre carreira como pessoalmente também. Até orientações para mães e pais de primeira viagem também são solicitadas.

Gosta de fazer esse papel? Aproveite para ganhar uma graninha e desafogar o seu orçamento.

6. Dirija por apps como Uber, 99 e outros


Você tem carteira e seu próprio carro? Você pode trabalhar como motorista!

Hoje em dia, existem muitos aplicativos de celular para chamar corridas. Funciona do mesmo jeito que táxi, só que muito mais rápido, pois tudo é feito por celular. 

Gosta de dirigir e quer aproveitar para tirar uma grana extra? Faça o seu cadastro de motorista em aplicativos como Uber, 99 e outros.

7. Venda objetos que você não usa mais


Todo mundo tem em casa alguns objetos que não usa mais. Está na hora de dar um novo destino para esses itens e ainda ganhar um dinheirinho com isso.

Faça um limpa e separe móveis, livros, discos, CDs, VHS, DVDs, roupas e outros objetos que você pode se desfazer. Coloque uma placa na porta de casa, anuncie na internet ou venda diretamente para alguma loja de itens usados.

8. Aventure-se na internet como um digital influencer


Fazer da internet o seu ganha-pão não é algo que você consiga da noite para o dia. Mas é possível utilizar essa ferramenta para compartilhar as suas experiências.

Já pensou em criar um canal no YouTube? Ou ter um perfil bombado no Instagram? A terceira idade também tem voz e vez! Mostre o que você sabe e encante as pessoas com a sua personalidade

Com o tempo, você pode passar a receber os famosos mimos e até fechar parcerias com empresas de diversas áreas. Não custa sonhar, não é mesmo?

9. Retorne de vez ao mercado de trabalho


Muitas vezes, um bico pode não ser suficiente. Já pensou em voltar de vez para o mercado de trabalho. Mesmo aposentado, você ainda pode voltar a trabalhar de carteira assinada.

Além disso, você tem uma vida inteira de experiência. Muitas empresas já estão olhando para pessoas mais velhas e abrindo outras oportunidades para este público.

10. Já pensou em começar um novo negócio?


Empreender não tem idade. Abrir um novo negócio é um trabalho árduo e exige muito tempo de dedicação. No entanto, pode dar mais independência financeira.

É preciso ter planejamento e muita clareza do que quer colocar em prática, não é mesmo? Você pode desenvolver uma ideia do zero ou aderir a uma franquia. Pesquise bastante e saiba que empreender não é um mero bico.

Continue acompanhando nossas dicas!

Gostou dessas dicas que separamos para você? Continue acompanhando o blog da Prestho!

Mesmo conseguindo uma graninha extra, pode ser que você precise de uma ajuda para colocar suas dívidas em dia. Entenda um pouco mais sobre o empréstimo consignado!

Estamos sempre postando novos conteúdos sobre planejamento financeiro, estilo de vida, direitos dos idosos e muito mais.